Viseu tem Conselho da Diáspora para ajudar a promover a região no estrangeiro

    1082

    Viseu

    Viseu já possui um Conselho da Diáspora para ajudar a promover a região e identificar oportunidades de internacionalização de PME.

    A iniciativa é do ex-secretário de Estado Adjunto da Economia e presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, e reúne 15 empresários e investidores em mercados como Suíça, França, Luxemburgo, Brasil, Estados Unidos da América, Canadá e África do Sul, em sectores como o agroalimentar, a metalomecânica e o turismo.

    “Este é um fórum de diplomacia económica da cidade-região, um agente de internacionalização de Viseu e de apoio às iniciativas municipais de atracção de investimento. Os municípios têm hoje de afirmar essa vocação, e Viseu dá os primeiros passos”, explicou Almeida Henriques. O objectivo do autarca é que o Conselho da Diáspora de Viseu permita abrir um canal de contacto e relacionamento destes “embaixadores” com o potencial da cidade-região e identificar oportunidades de internacionalização de PME naqueles mercados.

    Entre os empresários que constituem este concelho está Carlos Vinhas Pereira, da Fidelidade França, Albino Nunes, da Quinta do Marquês (Luxemburgo), Manuel Pinto Pereira Viegas (EUA), Bernardino Nascimento (Canadá), Flávio Martins (Brasil) ou Silvério Silva (África do Sul).

    A constituição do Conselho teve lugar no passado dia 23 de Junho e contou com a intervenção do secretário de Estado das Comunidades, José Cesário.

    Ao aludir à presença de portugueses no mundo, José Cesário referiu que, em países como o Brasil, Venezuela, Estados Unidos e França, “o número de descendentes é incalculável”, o que se traduz num “potencial extraordinário” para Portugal, devido ao trabalho que desenvolvem nas comunidades onde estão inseridos.

    A cerimónia de constituição terá lugar segunda-feira, pelas 9H30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, com a presença do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, seguindo-se um programa de visitas e contactos.

    Com esta medida, Almeida Henriques dará cumprimento a um compromisso da agenda económica e de internacionalização do Programa “Viseu Primeiro 2013/2017