Vendas de mobiliário português disparam para os Estados Unidos

    880

    Mobiliário

    São mais de oito mil empresas que empregam perto de 56 mil pessoas e que representam 2,4 mil milhões de euros em negócios para Portugal. São números que o vice primeiro-ministro destaca para valorizar o peso e o crescimento do sector do mobiliário e da fileira da casa. Para Paulo Portas, “quanto mais vendemos lá fora, mais fortes somos cá dentro”, disse no final de uma visita ao salão internacional de Milão. Um crescimento onde se destacam mercados como os Estados Unidos, China, Arábia Saudita ou Reino unido.

    • Para mais pormenores, ASSINE a edição online. Ou compre a edição impressa de 4ª feira, 13 de Maio de 2015.