Universidade de Aveiro desenvolve a mais pequena nanopartícula metálica

    1382

     

    univ-aveiro

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) desenvolveu uma nanopartícula bimetálica, cujo tamanho e propriedades magnéticas multiplicam a eficiência das actuais, anunciou fonte académica.

    Com um diâmetro 50 mil vezes mais pequeno do que o diâmetro de um fio de cabelo, a nanopartícula é constituída por cobalto e platina e demonstra ser mais eficaz do que as que actualmente são usadas em memórias de computadores, em exames de ressonância magnética e em tratamento de tumores.