The Americas Top to Bottom: Yellowstone National Park, Wyoming, o fim da 1ª etapa

    1656

    Jorge Serpa 1

    No Yellowstone National Park em Wyoming, no fim da primeira etapa. De uma maneira geral, esta etapa ficou marcada pela companhia do meu amigo Lou Guarino e pela diversidade de condições encontradas, quer em tipos de estrada, quer em cenários, quer em tipos de alojamento, quer em condições meteorológicas.

    Começando pela diversidade de condições no que toca a estradas, esta primeira etapa, exactamente por ser a primeira, tinha que servir para testar um pouco as “máquinas e os pilotos” nas que deverão ser as condições mais típicas que vamos encontrar pelo caminho. Assim, intencionalmente defini uma rota com muitas estradas secundárias e terciárias (o meu tipo de estrada…), mas que incluía também alguma auto-estrada, montanha (o máximo possível), e alguns percursos (ainda que para já pouca coisa) de pista fora-de-estrada (vulgo terra batida). E assim foi: cerca de 2,600 milhas com um pouco de tudo!

    Cenários

    Quanto a cenários, tendo sido eu a definir a rota, é claro que houve muita estrada bonita (e.g., a Iron Mountain Road e o Badlands Loop Rd); muita história (e.g., a Old National Road, a Route 66, e o monumento a Portugee Phillips; mais sobre ele abaixo); e muito National Parks (e.g., Badlands, Devils Tower, Yellowstone, etc.). Sem dúvida alguma que houve também alguns pedaços um pouco mais para o aborrecido (e.g., alguns pedaços do Mid-West), mas fez-se todo o possível para minimizá-los.

    Alojamento

    Quanto a alojamentos, tal como nos tipos de estrada, havia também que testar opções. E assim foi: houve um pouco de tudo, desde hotéis bons (e.g., o Route 66 Hotel em Springfield, IL, um autêntico museu à Mother Road) até hotéis menos recomendáveis; desde parques de campismo bons até parques de campismo assim, assim; e até uma noite em casa de amigos… (ver artigo completo na edição de 22 de Agosto de 2014)