Terça-feira violenta no Ironbound atinge portugueses

    1089

    Assalto 2

    A passada terça-feira 1 de Abril foi fértil em assaltos e tentativas de assalto na área da South Street, no Ironbound.

    Segundo informações que o jornal Luso-Americano recolheu na área, pelo menos dois portugueses foram vítimas de assalto um dos quais de forma violenta como se pode observar na foto que publicamos e noutro caso na forma de tentativa. Também a loja “Paloma” na South Street foi alvo do mesmo grupo de assaltantes que sob ameaça de arma de fogo levaram dinheiro e outros valores.

    No caso de Luís Teixeira, este foi assaltado na Murray Street cerca de 6.30 da manhã quando se dirigia para o seu local de trabalho na South Street.

    Segundo a vítima um SUV que transportava quatro indivíduos interceptaram-no na Murray St. Um homem supostamente hispânico saiu do carro e empunhando uma arma gritou-lhe “Assalto, la plata.” O português não esboçou reacção mas a dada altura ameaçou fugir. Foi quando o homem o atingiu na cabeça com uma coronhada. Ao pretender defender-se foi alvo de outras agressões. A aproximação de alguns transeuntes obrigou-os a fugir. Segundo Luis Teixeira “foi um grande susto e só tenho a lamentar que a ambulância não tenha aparecido e a polícia me tivesse ido visitar ao hospital às 11.30 da manhã,” diz.

    Quanto ao segundo assalto perto das 6.40, nas imediações da South St., a portuguesa Irene Conceição não ganhou para o susto quando viu um SUV aproximar-se e do veículo sair um homem armado na sua direcção. Valeu-lhe o marido que saia de casa no momento e que surpreendeu os assaltantes. Irene não se queixou à polícia por nada ter acontecido. Também a proprietária da “La Paloma” confirmou à nossa reportagem que o seu café foi assaltado sensivelmente à mesma hora pelos homens em referência. O veículo foi encontrado abandonado e no passado fim de semana apenas foi reportado à polícia um incidente.