Residentes dos Bairros Históricos de Lisboa defendem restricção de venda de álcool na rua

    882

    rua

    Residentes dos Bairros Históricos de Lisboa, nomeadamente do Cais Sodré, Bairro Alto e Santos, defenderam na Assembleia Municipal a restricção da venda de álcool na via pública entre as 22:00 e as 08:00.

    Na Assembleia Municipal de Lisboa foi apresentada e discutida a petição “Ruído dentro dos limites da lei, defesa do Património, Ambiente, Segurança e de um Desenvolvimento Turístico Sustentável, é o que pedimos para Lisboa”, promovida por residentes dos Bairros Históricos e Lisboa e subscrita por 624 pessoas.

    De acordo com Isabel Sá da Bandeira, representante dos peticionários, os residentes dos bairros históricos, nomeadamente Bairro Alto, Cais Sodré e Santos, “propõem a restrição do consumo de álcool na via pública entre as 22:00 e as 08:00”.

    Isabel Sá da Bandeira, defendendo que a resolução dos problemas enfrentados por estes residentes “passa pela adopção de medidas particularmente restritivas”, recordou que esta medida foi a “solução encontrada em muitas cidades europeias, entre as quais Madrid, Barcelona, Valência, Sevilha, Londres, Praga, Paris e Roma”

    Estas cidades, disse, “actuaram todas em resposta a problemas idênticos aos que Lisboa enfrenta”.