Porto de Viana do Castelo novamente exportador em 2013 apesar dos efeitos do mau tempo

    1206

    Porto Comercial Viana do Castelo (2)

    O porto de Viana do Castelo voltou a ser predominantemente exportador em 2013, apesar da quebra na carga movimentada por quase 200 navios, explicada à Lusa pela administração com as situações de mau tempo.
    De acordo com fonte da Administração do Porto de Viana do Castelo (APVC), aquela infra-estrutura portuária movimentou globalmente, no ano passado, mais de 496 mil toneladas de carga, correspondente a uma quebra de 1% face ao ano de 2012.
    Da carga movimentada em 2013, cerca 290 mil toneladas dizem respeito a exportações a partir daquele porto comercial (-12% face a 2012), enquanto as importações cresceram no mesmo período 41%, para mais de 158 mil toneladas.
    O restante movimento, 48 mil toneladas, é referente a cabotagem, ou seja, carga entre portos nacionais.
    A quebra de quase 40 mil toneladas no volume de exportações a partir de Viana do Castelo é justificada por fonte da APVC com a “conjuntura” do “mau tempo” e das condições de mar registadas no final do ano, que impediram a entrada de vários navios naquele porto.
    Contudo, esse movimento de carga, diz a APVC, transitou para os meses seguintes, prevendo aquela entidade um crescimento daquele porto de 5% em 2014.
    Entre os cais de atracação das margens norte e sul do rio Lima, o porto de Viana do Castelo recebeu, no ano passado, um total de 199 navios, menos 13 quando comparado com 2012.
    A fábrica Europac Kraft Viana, do sector da produção de papel, continua a ser o principal cliente, tendo movimentado em 2013 cerca de 221 mil toneladas de carga (um aumento de 21%), mas neste caso sobretudo de importação.

    Ainda de acordo com os números da APVC, a multinacional alemã do sector eólico Enercon, que opera em Viana do Castelo com cinco fábricas, exportou mais de 70 mil toneladas de carga (-3% face a 2012).
    A Secil, da área dos cimentos, fecha o lote das três principais empresas que utilizam aquele porto, tendo movimentado mais de 48 mil toneladas de carga, o que representou um crescimento de 13% face a 2012.