Pinto da Costa acusa os que pretendem afastar Quaresma da selecção

    2319

    Pinto da Costa

    O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, manifestou esta semana “grande solidariedade” com Ricardo Quaresma, criticando os seus detractores, nomeadamente os que desejam “afastá-lo da selecção para o Mundial” de futebol.

    “Quem o insultou, se calhar não voltaria a fazê-lo e estará arrependido. Das melhores coisas da UEFA é o combate ao racismo e, perante tudo o que se passou, é estranho que não haja uma palavra, apenas quem tente afastá-lo da selecção”, denunciou, em declarações ao Porto Canal.

    Em causa está a reacção intempestiva do futebolista do FC Porto a uma alegada provocação de Marçal, mesmo no fim do jogo na Madeira frente ao Nacional (derrota dos “dragões” 2-1), sendo o atleta advertido com “repreensão” pela comissão disciplinar.

    “Se não querem que vá à selecção, ele não está preocupado. Só se preocupa em trabalhar dia a dia e justificar a aposta do FC Porto. Se calhar vai ter lugar no grupo dos amigos do Zidane…”, ironizou.

    Pinto da Costa reconhece que o atleta ficou “momentaneamente muito exaltado”, mas realça que “não agrediu ninguém” e apenas quis responder a quem o “insultou grosseiramente”.