PERTH AMBOY, NJ | Nova geração de fadistas num excelente espectáculo onde a assistência escasseou

    1083

    Fado 1

    Considerada a melhor Noite de Fados da área desde há vários anos, e sempre com lotação esgotada, desta vez os intérpretes mantiveram o mesmo nível com as suas actuações apesar de ser mais restrito aquele calor humano que incentiva quem está no palco, dado que embora entusiástica a assistência ficou muito aquém do habitual, e do desejável.

    Pedro Botas, Diana Mendes e Kimberly Gomes são parte dos elementos da nova geração de fadistas que têm vindo a somar sucessos em cada actuação, e que, sem desprimor para os consagrados, são já a certeza de um futuro brilhante na interpretação da canção nacional. De acordo com vários espectadores Perth Amboy foi mais um impulso na senda do êxito, e a confirmação de que a Noite de Fado anual poderá ter perdido em termos de assistência, mas ganhou em qualidade dos intérpretes deste ano.

    “É a primeira vez que venho a esta noite de fado, e foi exactamente a curiosidade de ver actuar a Diana e a Kimberly – o Pedro Botas já conhecia – que me trouxe cá, do que não estou nada arrependida”, disse Sónia Aguiar, que se deslocou de uma das localidades do sul.

    José Silva na viola, e Viriato Ferreira na guitarra, foram os acompanhantes dos fadistas que actuaram nesta tradicional Noite de Fados.