NOVA IORQUE | Os ’50 Melhores Vinhos Portugueses’ em Manhattan

1544

WEB 2WEB1

A primeira prova de vinhos da Wines of Portugal no ano de 2014, levou 47 empresas do sector e 14 representantes vindos de Portugal hoje, quinta-feira, a Nova Iorque. O evento, centrado à volta dos ’50 Melhores Vinhos Portugueses’ seleccionados pelo enólogo Joshua Greene, juntou produtores, distribuidores e importadores no espaço emblemático do edifício principal da Biblioteca Pública de Nova Iorque – na Quinta Avenida.

A iniciativa arrancou com um almoço onde os vinhos ‘Made in Portugal’ foram a estrela do cardápio; no final da refeição, foram premiados o Importador do Ano (‘Wine in Motion’), o Restaurante do Ano (‘Pier 95’ e ‘Hearth’), a loja independente do ano (‘Astor Wine & Spirits’) e a cadeia de lojas de retalho do ano (‘Binny’s).

O almoço e consequente cerimónia de atribuição de prémios contou com a presença do embaixador de Portugal nos EUA, Nuno Brito, do representante permanente de Portugal junto da ONU, embaixador Álvaro Mendonça e Moura e do vice-presidente da ViniPortugal e da Wines of Portugal, Luís Pato.

Entre os 50 vinhos de topo seleccionados pelo enólogo Joshua Greene, estão marcas de todas as regiões demarcadas portuguesas – da Bairrada ao Douro, do Alentejo à Madeira.

Em declarações ao jornal LUSO-AMERICANO, o embaixador Nuno Brito sublinhou a importância da chamada diplomacia económica, lembrando que “iniciativas deste género são realmente fundamentais para a promoção no estrangeiro de Portugal e de produtos de prestígio como o vinho.”

A Wines of Portugal tem apostado na penetração dos vinhos portugueses de mesa no mercado da América do Norte, com uma campanha onde propõe: “Challenge your senses, enjoy the unique.”

Register-se ainda a presença do viticultor luso-americano José Morais, proprietário da premiada Morais Vineyards & Winery, no estado da Virgínia – que se fez acompanhar pelo respectivo enólogo, Vítor Guimaraens.