NEWARK, NJ: Alunos do liceu Science Park visitaram Lisboa e Santa Maria, nos Açores

    1245

    IMG_8530

    Depois de brilhantemente terem vencido o concurso “Ler em Português 2013”, organizado através de uma parceria entre a Rede de Bibliotecas Nacionais, o Ler +, plano nacional de Leitura e a Fundação Luso-Americana, os alunos do Liceu Science Park da cidade de Newark viajaram para Lisboa e os Açores nas recentes férias da Páscoa, onde desfrutaram merecidamente do prémio conquistado. Isto graças ao trabalho apresentado a concurso sobre o tema “Liberdade e Segurança numa Sociedade Plural”.

    A comitiva de Newark foi liderada pelo professor Cristiano Libório e incluiu os alunos Darrell Real, Roberta Ezike e Soraya Mota. De realçar que dos três estudantes somente a Soraya Mota é luso-descendente. O Darrill Real e a Roberta Ezike têm raízes na América do Sul e na Nigéria respectivamente.

    Cristiano Libório referiu ao Luso-Americano “estamos muito contentes por ter ganho este prémio e ter a oportunidade de visitar Lisboa e a Ilha de Santa Maria nos Açores. Quero ainda realçar que dois dos estudantes não são de origem portuguesa, mas o gosto pela língua de Camões e o empenho que colocaram neste projecto fizeram o resto. Sinto-me orgulhoso de ter participado nesta iniciativa, que não só dá a mostrar a nossa língua, mas realça o papel da língua portuguesa no mundo e solidificou ainda mais o que ensinamos na sala de aula sobre Portugal e a língua Portuguesa”.

    Os alunos do Science Park foram acompanhados pelos alunos da escola Rainha Dona Amélia de Lisboa e pelos alunos da Escola Básica e Secundária de Santa Maria dos Açores, também eles membros do projecto vencedor e que o ano passado tiveram a oportunidade de visitar Newark.

    O concurso Ler em Português realiza-se anualmente e está aberto a todos os liceus nos Estados Unidos que leccionam Português a nível secundário e tem o intuito de promover a utilização da língua portuguesa, aumentar as práticas de leitura e aprofundar o intercâmbio de experiências e saberes entre alunos e professores portugueses e luso-americanos. A iniciativa conta também com a colaboração da Secretaria Regional de Educação e Formação das regiões autónomas dos Açores e da Madeira, do Instituto Camões, coordenação do Ensino de Português nos Estados Unidos da América e da Associação de professores de Português nos Estados Unidos e no Canadá,

    Utilizada por mais de 200 milhões de pessoas em todo o mundo como veículo de comunicação, a língua portuguesa torna-se , cada vez mais, um idioma universal que aproxima culturas, divulga autores e criadores ao mesmo tempo que transmite conhecimentos , ideais, reflexões e pontos de vista sobre a realidade cultural e a vida social.