Maratona de Boston vai proibir mochilas e sacos

1056

Maratona de Boston

A organização da maratona de Boston anunciou hoje a proibição de mochilas e sacos em alguns locais da prova, no âmbito das medidas de segurança introduzidas um ano depois dos atentados que vitimaram três pessoas, em 2013.
“Mochilas e sacos não serão permitidos em certos locais, na partida e na zona perto dela, em Hopkinton, e na meta ou nas imediações, em Boston, e ao longo do percurso”, informou a organização.
Na edição de 2013 da emblemática corrida explodiram bombas junto à linha de chegada, provocando a morte a três pessoas e ferindo outras 250, levando a organização a adoptar medidas de segurança mais apertadas para a prova de 2014.
Este ano, nem mesmo os participantes vão poder transportar mochilas ou sacos para guardar os seus pertences.
A organização apela à “cooperação, paciência e compreensão” dos participantes, que se devem dirigir atempadamente para a partida.
Vão ser também proibidos recipientes de vidro, garrafas com mais de um litro de líquido, assim como roupa com bolsos, fatos volumosos ou máscaras, sendo que a organização vai fornecer sacos de plástico transparente para os corredores que pretendam depositar uma muda de roupa na partida, para levantarem à chegada.