LONG ISLAND | um rosto na nova vaga de lideranças comunitárias

199

Aos 28 anos de idade, a jovem luso-americana Patrícia Murça descobriu que pode conciliar o papel de mãe, esposa e profissional
com a vida comunitária. Filha de imigrantes minhotos na região nova-iorquina de Long Island, Murça assumiu este ano o papel de vice-presidente do Centro Cultural ‘Alheiren-se’, sediado em Mineola, cuja direcção é mesmo o elenco mais jovem de uma associação lusa em todo o ‘Estado Império’. A chegada ao segundo posto da colectividade seguiu-se a dois anos anteriores como secretária.

• Para mais pormenores, ASSINE a edição online. Ou compre a edição impressa de 4.ª feira, 17 de Julho de 2019.