LONG ISLAND, NY | Folclore domina piquenique anual da Portuguese Heritage Society

    850

     

    Mineola, NYA Portuguese Heritage Society (‘Lusitano’) de Mineola, na região nova-iorquina de Long Island, levou a efeito sábado a primeir parte do seu piquenique anual – que se prolonga também pela tarde de hoje, domingo, 22 de Junho. No sábado, várias centenas de pessoas estiveram na sede da colectividade na Willis Avenue, onde um autêntico arraial se prolongou até pouco depois das 11:00 da noite.

    O presidente do ‘Lusitano’, Manuel Rodrigues, deu as boas-vindas ao vice-mayor Paulo Pereira (que esteve presente com a mulher, Diana, e os filhos) e ainda ao vereador Dennis Walsh. Agradeceu ainda a todos os patrocinadores do evento e à comunidade em geral pelo apoio prestado.

    Para além da música (com atracções locais e dois artistas vindos de Portugal, conhecidos pelas suas populares desgarradas), o forte do dia foi mesmo o folclore, com o certame a reunir ali dois ranchos de Long Island (o ‘Juventude de Portugal’, de Mineola e o ‘Aldeias de Portugal’, de Farmingville), um de New Jersey (o ‘Camponeses do Minho’ do Sport Club Português de Newark) e outro do Canadá (o Rancho Folclórico do Centro Cultural Português de Mississauga).

    A formação canadiana foi fundada em 1987 na província de Ontário e tem como ensaiadora a jovem luso-canadiana Nancy Vieira, filha de mãe beirã e pai transmontano. “O nosso reportário inclui números de dança do Minho ao Algarve, da Madeira aos Açores”, afirma a directora Angie Câmara, em declarações ao jornal LUSO-AMERICANO – referindo-se ao grupo que trouxe a Nova Iorque cerca de 30 elementos.

    O rancho de Mississauga faz cerca de 50 actuações por ano, já esteve em New Jersey e tem uma deslocação planeada para Massachusetts ainda em 2014.

    O ‘Camponeses do Minho’, por seu lado, surgiu em 1991 e engloba cerca de 90 elementos – entre membros infanto-juvenis e adultos. Tem como director Alberto Veloso, que faz equipa com o filho Miguel como ensaiador.

    O ‘Juventude de Portugal’ tem como responsáveis Tony da Silva e Joe Ponte e o ‘Aldeias de Portugal’ esteve representado por António Melo e Danny Dias.

    Todos os grupos folclóricos receberam uma fita de participação e uma placa, oferta da P.H.S. .