Lajes: Trabalhadores consideram que acordo bilateral é positivo “dentro da desgraça”

    1023

    Base das Lajes.aérea

    A Comissão Representativa dos Trabalhadores portugueses das Lajes (CRT) considerou anteontem que a decisão relativa aos despedimentos na base tomada na Comissão Bilateral Portugal/EUA é “positiva”, apesar de não se ter evitado o encerramento de postos de trabalho.

    “É a solução possível dentro da desgraça que é”, salientou João Ormonde, membro da CRT, depois de ter sido acordado na terça-feira, numa reunião extraordinária da Comissão Bilateral Permanente entre Portugal e os Estados Unidos da América (EUA), em Washington, que seria dada possibilidade aos trabalhadores de rescindirem por mútuo acordo, com direito a indemnização.

    • Para mais pormenores, ASSINE a edição online. Ou compre a edição impressa de 6ª feira, 19 de Junho de 2015.