João Sousa reforça estatuto de melhor tenista português

    1116

    João Sousa

    João Sousa reforçou, segunda-feira, a condição de melhor tenista português de sempre ao figurar no 38.º posto do “ranking” mundial, conquistando quatro posições relativamente à última lista do circuito profissional.

    Depois de ter chegado à terceira ronda do Masters 1000 de Miami, João Sousa conseguiu o feito inédito de entrar no grupo dos 40 melhores do Mundo, numa classificação que continua a ser comandada pelo espanhol Rafael Nadal.

    Apesar de derrotado pelo sérvio Novak Djoko-vic na final de Miami, Nadal continua a liderar a hierarquia com algum conforto, agora com uma vantagem de 1.920 pontos sobre o sérvio, que na anterior classificação estava a 2.230 pontos de distância.

    Na elite do “top-10”, o maior salto foi protagonizado pelo checo Tomas Berdych, forçado a abdicar das meias-finais de Miami devido a lesão, uma “baixa” forçada que não impediu o “carrasco” de João Sousa no torneio da Florida a igualar a sua melhor classificação de sempre: o quinto posto.

    No “ranking” feminino, a norte-americana Serena Williams reforçou a liderança na lista graças à vitória em Miami, precisamente depois de uma final contra a sua perseguidora na classificação, a chinesa Na Li.

    Williams comanda a classificação com uma vantagem confortável de 5.075 pontos sobre a chinesa, vencedora do primeiro “Grand Slam” da temporada, na Austrália.

    Entre as portuguesas, Michelle de Brito subiu dois degraus e surge esta semana no 124.º lugar, enquanto Maria João Koehler fez o caminho inverso, descendo uma posição, o que a coloca no 213.º posto.