Irmão de Christie lucrou com a venda de propriedades em Harrison, NJ perto do projecto do Port Authority

1102

Todd Christie

O irmão do Governador Chris Christie, Todd, fez parte do grupo económico que adquiriu propriedades junto à nova estação do PATH, antes que o projecto de renovação no valor de 256 milhões de dólares fosse devidamente publicitado, segundo um relatório do site: NorthJersey.com.

Todd Christie e os seus associados renovaram, lotearam e ganharam o triplo após o Port Authority ter dado o seu consentimento ao referido projecto, seguno o relatório. Um dos parceiros de Todd Christie na West Hudson Properties LLC é proprietário da Ferreira Construction que tem beneficiado de milhões de dólares em trabalhos de agências estaduais desde que o Governador tomou posse em 2010.

O chairman do Port Authority, David Samson também aparece ligado a algumas propriedades em redor da estação do PATH. O Comissário David Steiner também votou a favor da renovação, quatro meses após ter adquirido os direitos de construção de um edifício de apartamentos junto ao Rio Passaic, a poucos quarteirões da estação. A nova estação deverá abrir ao público em 2017. Chris Christie tem sido um energético proponente de nova construção no Condado de Hudson.

A nova estação ficará localizada no lado este da Frank E. Rodgers Boulevard, do outro lado onde actualmente se localiza a estação e se rá o módulo principal do projecto de desenvolvimento urbano da vila de Harrison.

Christie já referiu publicamente que o seu pai, Bill, de 80 anos de idade, usa com frequência a estação de Harrison quando se desloca para New York. A actual estação foi construída em 1936 e segundo o Mayor McDonough “estava fora de moda e desajustada em relação à realidade actual de Harrison.” Segundo o Port Authority, “a nova estação de Harrison será uma das mais modernas do País.” O projecto mostra uma mega-plataforma pronta para comodar composições de 10 carruagens, terá uma estrutura de vidro. elevadores modernos, o que não existe na actual estação.

Segundo Christie, o projecto irá criar 470 novos empregos no sector da construção, num total de 42 milhões em payroll e impostos e 344 milhões na actividade da economia regional.