Içar da Bandeira na cidade de Newark

    1903

    IMG_4606

    No passado sábado decorreu na Câmara Municipal de Newark a cerimónia do Içar da Bandeira Portuguesa. A cerimónia, organizada pela União dos Clubes Luso-Americanos de New Jersey (UCLANJ), entidade que organiza as importantes celebrações, foi este ano apoiada fortemente pelo executivo municipal sendo de assinalar a presença do mayor interino Luís Quintana e também do mayor eleito Ras Baraka, para além dos vereadores Augusto Amador, Carlos Gonzalez e Darrin Sharif. Presentes também o cônsul geral de Portugal Pedro Oliveira, o xerife do condado de Essex Armando Fontoura, o grande Marechal da Parada, Dr. Jack Correia e outros dignitários.

    Foram vários os discursos que se centralizaram no orgulho de ser português e nos feitos da enorme comunidade portuguesa na cidade de Newark, que contribuíram como referiram vários representantes “para o desenvolvimento da cidade”. Armando Fontoura fez uma apelo aos muitos jovens presentes para “que sejam activos e continuem a divulgar as tradições portuguesas , mas que também participem activamente na vida da cidade, do condado, do estado e mesmo da nação”.

    De referir que na rotunda da cidade as cores e as bandeiras dos clubes portugueses marcaram presença e deram um colorido único a um dos lugares mais emblemáticos da cidade, com Fernando Grilo a referir “hoje vivemos mais uma excelente jornada de Portugalidade. Quero agradecer a todos os clubes que se associaram a esta iniciativa e que uma vez mais mostraram a força desta comunidade. Quero também lançar um apelo a estes jovens para que continuem unidos no ideal de Portugal, mas como referiu o nosso xerife para que se envolvam cada vez mais na vida desta cidade, factores fundamentais para que possamos ser ainda mais fortes e respeitados”.

    A Portuguese-American Police Association (PAPA) fez a guarda de honra do evento. Alexandra Marques, uma das mais talentosas jovens da comunidade cantou os Hinos Nacionais e depois durante a cerimónia a Banda Nossa Senhora de Fátima, os jograis da Porverbo e o poeta João S Martins provaram a qualidade cultural da comunidade portuguesa.

    Fernando Grilo recebeu uma proclamação das mãos dos representantes da cidade que seguidamente hastearam a bandeira de Portugal em frente à Câmara Municipal e ao som do Grupo de Bombos Os Rouxinóis da casa do Minho , que com os seus tambores deram ainda mais significado à marcante celebração.