Humberto Coelho apreensivo com organização do Mundial 2014

1112

Humberto Coelho

Humberto Coelho, vice-presidente da Federação portuguesa (FPF), disse esta semana estar um pouco apreensivo com a organização em torno Mundial do Brasil, durante o Fórum de treinadores de futebol e futsal, que decorreu até ontem na Maia.

“Estamos um pouco cépticos com tudo o que se está a passar no Brasil. É uma prova de uma logística gigantesca e que movimenta milhões de pessoas, pelo que há sempre preocupação sobre se os estádios vão estar prontos, se o sistema de transportes vai funcionar, bem como todas as questões inerentes a uma organização desta envergadura”, disse o dirigente.

Apesar disso, Humberto Coelho mostrou-se confiante: “Os brasileiros são mais lentos, mas também costumam estar prontos a tempo.”

No que diz respeito a objectivos de Portugal para o Mundial, Humberto Coelho não hesitou: “A primeira fase é importante, por isso vamo-nos colocar para sermos um dos dois primeiros da fase de grupos. Queremos passar à fase seguinte.”

O ex-seleccionador referiu-se ainda ao “clássico” de hoje e que vai opor o FC Porto ao Benfica, em jogo da Taça de Portugal.

“Quando há clássicos não há favoritos. É sempre uma incógnita”, finalizou.