Homem atacado selvaticamente em pleno Ironbound

1119

CIMG9036

Muita gente viu nos últimos dias nas redes sociais o caso de um jovem hispânico agredido selvaticamente com um tijolo e um taco de basebol no coração do Ironbound por três homens que saiam de um bar em aparente estado de embriaguez.

Segundo o relatório policial a que o Luso-Americano teve acesso, nas esquinas da Ferry Street com a Merchant Street, os homens provocaram o condutor de um Mazda, Vasquez-Bermeo, que na altura passava, causando-lhe algum dano. Vasquez saiu do carro com um taco de softball e perseguiu o grupo até ao estacionamento do PathMark agredindo um dos elementos do grupo. Nesta altura os restantes juntaram-se e conseguiram desarmar Vasquez Vilmar- Bermeo, atacando-o selvaticamente, causando-lhe fracturas múltiplas no rosto e na cabeça, tendo sido internado em estado considerado crítico.

Carlos Geraldo, activista e jornalista brasileiro, conhecido por “corredor da Paz” observou e filmou os acontecimentos tendo mesmo intervido no sentido de por cobro à situação. Ao ser notado pela quadrilha, foi perseguido e agredido com o taco de softball. A polícia, entretanto chamada, conseguiu deter os eventuais assaltantes identificados como: Carlos Rodriguez, Marvon Oliva-Matmoros e Walter Rodriguez. O testemunho de Carlos Geraldo e as imagens que recolheu foram determinantes na opção policial de deter os presumíveis assaltantes, acusados de assalto tentado de forma grave.

O clima de insegurança em Newark estende-se ao bairro leste, habitado pela maioria dos portugueses e brasileiros, vítimas directas ou ondirectas da onda de violência a que nos habituámos quando, em 2011, o então Mayor Booker decidiu cortar nos efectivos policiais da cidade. “Este foi sem dúvida o maior erro da Administração Booker” durante o tempo em que foi Mayor,” disse ao Luso-Americano um analista político que preferiu o anonimato. O mesmo analista referiu que “se Luis Quintana quiser continuar a ser Mayor e avançar com uma candidatura, só o conseguirá se admitir um número elevado de novos agentes de polícia em Newark.” Também os candidatos a Mayor nas eleições de 2014 estão a usar a questão da violência como arma principal de campanha.