FARMINGVILLE, NY | Portuguese-American Center of Suffolk elegeu rainhas de beleza para 2014

    1937

     

    DSC08356A jovem Nicole Silvestre, de 18 anos de idade e natural de Bay Shore, NY, foi eleita sábado à noite Miss Comunidade Portuguesa em Farmingville. O certame de beleza decorreuno salão nobre do Portuguese-American Center of Suffolk, com a presença de cerca de 300 pessoas.

    A nova representante de beleza é filha de Adelide e João Silvestre, emigrantes de Caldas da Rainha em Long Island – onde a jovem é aluna finalista do Liceu de East Sachem. A miss revelou ao jornal LUSO-AMERICANO, logo após ter sido coroada, que pretende seguir carreira de enfermeira anestesista.

    Na corrida ao título de Miss Comunidade Portuguesa, Daniella Leonardo ficou 1ª Dama de Honor (e levou ainda a faixa de Miss Simpatia) e são segundas damas de honor Sephanie Dinis e Mónica Tavares.

    Foi eleita Missa Infantil Beatriz Gonçalves, de 6 anos de idade e natural de Faro, Algarve. A Beatriz é filha de Carina e Bruno Gonçalves; a mãe é farense e o pai luso-americano com raízes no Algarve e em Trás-os-Montes; a nova miss anda na pré-primária e vive em Lake Ronkonkoma.

    Neste escalão etário, ficou 1ª Dama de Honor Alexandra da Silva e segundas damas de honor Stephanie Barros e Eloíse Portal.

    A faixa de Miss a Nicole Silvestre foi entregue pela anterior detentora do título, Joanne Rebelo – eleita em 2008. Também esteve presente a última Miss Infantil, Sara McGriff.

    Este ano, a organização do concurso (cuja responsabilidade esteve a cargo de Mónica Duarte) apostou no talento jovem e teve como apresentadores Pedro Rodrigues e Kim Machado.

    As candidatas ao título de Miss Comunidade Portuguesa abriram o desfile e trajes regionais e exibiram-se ainda, ao longo da noite, em fato-de-banho e vestidos de gala. Fizeram-se acompanhar pelos jovens Patrick Leonardo e Nax Pedro.

    O presidente do PACS, Fernando Trindade, deu as boas-vindas aos presentes e agradeceu o empenho de todos na organização do certame e na aposta que é ali feita pela juventude luso-americana.

    Ficou ainda uma palavra de apreço a todos os patrocinadores e apoiastes que tornaram a noite possível.

    O jornal LUSO-AMERICANO agradece os simpáticos gestos de que foi alvo pelo Centro e pela organização do concurso, felicitando todas as candidatas.