EUA | Vida volta à normalidade na região nova-iorquina de Long Island, depois da tempestade de neve

    911

    DSC00244

    A primeira grande tempestade de neve de 2015 passou esta 2ª feira pela Costa Leste dos Estados Unidos, não poupando a região metropolitana de Nova Iorque – que esteve algumas horas sob estado de emergência. Em Long Island, o condado de Suffolk – onde têm sede duas colectividades lusas, o Portuguese-American Center of Suffolk de Farmingville e o Long Island Portuguese-American Club de Brentwood – foi dos mais afectados; o próprio governador do estado, Mario Cuomo, esteve esta manhã na região, para auscultar de perto as suas necessidades mais prementes.

    No vizinho condado de Nassau, igualmente muito afectado, a vida começava na manhã de hoje a regressar à normalidade. Em Mineola, por exemplo, berço de uma extensa e dinâmica comunidade luso-americana, alguns estabelecimentos portugueses reabriam portas ao público. Na movimentada Jericho Turnpike, por exemplo, o restaurante Churrasqueira Bairrada Rodízio, do empresário Manuel Carvalho, e o café ‘Portugália’, na Willis Avenue, estavam a funcionar.

    “Estamos sempre aqui para servir a comunidade”, disse Miguel Silva, chefe de sala do ‘Bairrada’, ao jornal LUSO-AMERICANO.

    Já a agência ‘Atlantic Travel’, de propriedade luso-americana, a garrafeira ‘Lisbon’ e o salão de beleza ‘My Favorite’, da empresária Rosa Leal, todos localizados na Jericho, ainda estavam encerrados ao final da manhã de 3ª feira.

    A vila de Mineola, onde é vice-mayor o português Paulo Pereira, é sede de três associações lusas: Mineola Portuguese Center, Portuguese Heritage Society e Alheirense Cultural Center.