EUA | Luso-americano entre os melhores chefes de 2015 da revista ‘Boston’

    1054

     

    Q8wKO_y7O luso-americano John da Silva, de 29 anos de idade, está entre os 5 melhores chefes da edição ‘Best of Boston’ de 2015 da revista ‘Boston’. No número, posto a circular este mês, Silva surge como um dos profissionais de culinária a marcar tendências no ramo e a dar cartas na capital do estado norte-americano de Massachusetts.

    Os editores da revista sublinham a cozinha “elegante e inovadora” de John da Silva, que é chefe do ‘Spoke’, em Somerville – na zona metropolitana de Boston.

    Em declarações prestadas telefonicamente ao jornal LUSO-AMERICANO, John da Silva confirmou ser de origem portuguesa. “O meu avô paterno, Fernando da Silva, emigrou de Lisboa para a Nova Inglaterra, atraído pela actividade da pesca”, conta o chefe, que nasceu en Gloucester, uma região a norte de Boston com forte presença portuguesa.

    O mestre de culinária diz ter muito orgulho das suas raízes lusas e mostra-se mesmo disposto a adquirir a nacionalidade portuguesa. “Todas as pessoas que me conhecem sabem quão honrado me sinto por ter sangue luso”, acrescenta, pondo em prática algumas das frases que sabe pronunciar no idioma do avô alfacinha.

    Quando se casou, foi em Portugal que escolheu passar a lua-de-mel, conta. “E nunca comi tão bem na vida como quando lá estive”, admite.

    Apaixonado pela gastronomia desde os 13 anos de idade, após o liceu resolveu matricular-se no New England Culinary Institute, em Burlington, Vermont – onde obteve uma licenciatura em Artes Culinárias. O seu primeiro emprego levou-o ao ‘Boarding House’, em Nantucket, MA, onde esteve 4 anos como sous chef.

    De regresso a Boston, entra para a cozinha do ’N.º 9 Park’, onde chegou a chefe.

    Quando se mudou para o ‘Spoke’, em 2012, já tinha chamado a atenção do guia de restaurantes ‘Zagat’, que o incluíra na lista dos chefes “com menos de 30 anos” a ter em atenção.

    John da Silva adianta ao LUSO-AMERICANO, a finalizar, que se prepara já para em Setembro, no dia 10, fazer parte de uma iniciativa da James Beard Foundation, em Nova Iorque, onde fará uma demonstração de cozinha inspirada na Nova Inglaterra.