EUA | Luso-americana Meredith Vieira na capa da revista ‘The Hollywood Reporter’

    1025

     

    27cover_loresA revista ‘The Hollywood Reporter’, considerada a bíblia do entretenimento, fez capa com a jornalista Meredith Vieira, dedicando-lhe um extenso artigo onde evoca as suas muitas qualidades humanas e profissionais. A apresentadora, como se sabe, estreia dia 8 de Setembro próximo o seu primeiro talk-show na emissora NBC – o ‘Meredith Vieira Show’, que irá para o ar às 2:00 da tarde.

    A THR começa por escrever que Vieira “não tem nada a provar (…). A sua ética de trabalho e personalidade afável fizeram dela uma das figuras mais queridas da TV”.

    O programa da luso-americana vai ser gravado na sede da cadeia NBC em Manhattan, o 30 Rockfeller Center, num estúdio criado propositadamente para o efeito no 6.º andar do icónico edifício – onde também são gravados o Tonight Show with Jimmy Fallon, o Late Night with Seth Meyers, o Saturday Night Live e o Nightly News with Brian Williams – ou seja, os mais populares programas da grelha da emissora.

    O programa vai custar 35 milhões de dólares à NBC, o que não inclui o salário de Vieira, de 5 milhões de dólares. De acordo com a THR, a emissora estava disposta a pagar 20 milhões de dólares por ano à luso-americana para se manter como co-apresentadora do Today Show; mas a jornalista preferiu sair para estar ao lado do marido, o produtor Richard Cohen, que enfrenta vários problemas de saúde. Nessa altura, Vieira ganhava $12 milhões anuais. (Menos de um ano depois da retirada da luso-americana, o Today perdeu a posição de programa matinal mais visto na América, lugar em que se manteve durante 16 anos).

    A revista também atribui a “ética de trabalho” de Vieira aos seus pais, sublinhando serem estes (Edwin e Mary Alice) de origem portuguesa, filhos ambos de emigrantes açorianos (da ilha do Faial). A jornalista fala com carinho deles e lembra que o pai, que era médico, só deixava o consultório depois de ver todos os pacientes, na sua maioria portugueses. “Toda a gente conhecia o Dr. Vieira em Providence”, diz à THR.