EUA | Filha de emigrantes minhotos eleita Miss Rhode Island 2016

    1466

     

    TheresaAgoniaA luso-americana Theresa Agonia, natural de Central Falls, foi eleita domingo, dia 30 de Agosto, Miss Rhode Island 2016. A final do concurso onde o ceptro de beleza foi entregue a Agonia decorreu no Dunkin Donuts Center de Providence, a capital do ‘Estado Oceano’. A nova rainha de beleza ganha assim o passaporte para representar Rhode Island em 2016 na 65ª edição do Miss USA.

    Theresa Agonia recebeu a faixa de Miss da sua antecessora, Anea Garcia.

    A luso-americana formou-se pela Roger Williams University em Comunicações e ocupa actualmente o cargo de subchefe de gabinete do presidente da Câmara de Providence, Jorge Elorza.

    Agonia também passou pela University of Wollongong, na Austrália, e frequentou as escolas públicas de Central Falls.

    Em declarações prestadas 3ª feira à noute ao jornal LUSO-AMERICANO, Theresa Agonia disser ser a filha mais velha (entre três) do casal Manuel e Fernanda Agonia, ambos emigrantes de Viana do Castelo, Minho, na Nova Inglaterra.

    Para além de inglês e português, fala ainda francês e espanhol, havia já concorrido ao título de Miss Rhode Island em 2013.

    “Andei na Escola Portuguesa do Clube Juventude Lusitana e sempre gostei de estar envolvida no que é português”, acrescenta a nova Miss Rhode Island – que em 2007 foi Miss Júnior Dia de Portugal e dois anos depois Miss Dia de Portugal em Rhode Island, “o que me levou numa viagem a Portugal.”

    Agonia faz questão de dizer que é sócia da Casa do Benfoca da Nova Inglaterra e que fez parte durante 15 anos do Rancho Folclórico ‘Danças e Cantares de Poertugal’, de Cumberland.

    Em Outubro, recebe também o Prémio ‘Jovem Promessa’ do PALCUS, durante a 19ª gala anual desta organização, a ter lugar em Hudson, MA.

    Ao reagir à vitória da luso-americana, o ‘mayor’ de Providence escreveu no Twitter uma mensagem de parabéns à sua subchefe de gabinete.