ESTADOS UNIDOS | ‘Portugália Marketplace’ é aposta de família açoriana na ‘marca’ Portugal

    1760

    Portugália

    Para Michael Benevides, o negócio de família que o pai iniciou em 1988 é mais que um modo de sobrevivência. “Eu sabia que estava a prestar homenagem a Portugal”, afirma o jovem empresário de 26 anos, formado em gestão na Johnson & Wales University, referindo-se ao moderno supermercado inaugurado recentemente na cidade de Fall River, MA.

    O ‘Portugália Marketplace’, instalado num antigo edifício fabril na ‘Cidade dos Teares’, representa um investimento da família Benevides, oriunda de São Miguel, Açores, na ordem dos 3 milhões de dólares. “É a nossa ideia de um Portugal contemporâneo, com tudo de tradicional que tem para oferecer – dos azulejos aos galos de Barcelos”, aprofunda Michael, que veio para os EUA com tenra idade, quando os pais emigraram para Massachusetts na década de 80.

    “Queremos que o novo consumidor americano que aqui entre se sinta em Portugal”, explica o jovem gestor, “e a sair com mais interesse pelo nosso país. Para nós, o ‘Portugália Marketplace’ é mais que um negócio, é um veículo de promoção da nossa cultura. Tenho muito orgulho nas minhas origens e procuro estar sempre a par das novas tendências vindas de Portugal.”

    No amplo supermercado da família Benevides (que assenta raízes na freguesia de Candelária, arredores de Ponta Delgada), em plena Bedford Street, o consumidor português sente-se em casa. “Eu digo sempre aos meus clientes que isto não é nosso, é de todos”, refere o emigrante Fernando Benevides, proprietário do empreendimento alimentar.

    O açoriano deu os primeiros passos numa garagem para 3 automóveis como importador de uma marca portuguesa de café. “No início a nossa actividade era mais grossista, como fornecedores de restaurantes e mercearias”, detalha Michael Benevides, o filho. “A seguir ao café veio o bacalhau, depois as conservas, os refrigerantes, as águas… E foi assim que tudo começou”.

    Há cerca de dois anos e meio, os Benevides investiram na compra do imóvel industrial onde, preservando a arquitectura original, se instalaram. Criando aquele que será, arriscamos, o projecto alimentar ligado a Portugal mais arrojado nos EUA.

    “Sempre que viajo, tanto para Portugal como para Nova Iorque ou San Francisco, tenho a preocupação de ir a supermercados conhecer o que está na moda”, conta Michael, que aos 11 anos já ajudava no negócio de família. “Foi em todas essas experiências que me inspirei.”

    Para além do café ‘Ponto de Encontro’, o conceito do ‘Portugália Marketplace’ passa pelas secções ‘Castas e Trigo’ (a garrafeira, com uma inacreditável variedade de vinhos, portos e cervejas – incluindo a madeirense ‘Coral’, uma raridade nos EUA); a área de ‘Cozinha Regional’, com comida pronta a servir; ‘Charcutaria’, com queijos, presunto e enchidos importados do outro lado do Atlântico; o espaço ‘Fiel Amigo’, com temperatura controlada e protecção de odores, onde o bacalhau da Noruega e Canadá é apresentado ao cliente em toda a sua variedade, com um ‘especialista’ permanentemente de serviço (“se existe algo a que podemos atribuir o êxito do nosso negócio, e à qualidade do bacalhau” – nota Michael Benevides). E, a completar, uma variedade de produtos portugueses – do continente e ilhas, das conservas e azeites, a massas, queijadas de Vila Franca e da Graciosa, compotas, refrigerantes e até ananás dos Açores, importado de 15 em 15 dias.

    O ‘Portugália’ abre de segunda a sábado das 8:00 da manhã às 7:00 da noite e aos domingos das 9:00 às 2:00. E merece, na sua próxima visita a Fall River, que passe por lá. E se sinta em Portugal