ESTADOS UNIDOS | Luso-americana Diane Macedo é um dos novos rostos da informação no canal CBS 2 em Nova Iorque

    1505

     

    weblusoA jornalista de origem portuguesa Diane Macedo juntou-se em Março deste ano à equipa de informação do canal televisivo norte-americano CBS 2, em Nova Iorque. A luso-descendente apresenta agora o espaço matinal de informação naquela importante emissora das 6:00 às 7:00 da manhã aos sábados (com segunda intervenção diária entre as 9:00 e as 10:00) e das 6:00 às 9:00 aos domingos, para além de ir ao ar durante a semana como repórter nos programas informativos da CBS.

    Macedo começou carreira no braço radiofónico do grupo Fox, transitando posteriormente para o portal online www.FoxNews.com; mais tarde avançou para a frente das câmaras, apresentando segmentos de informação económica para dois programas de muita popularidade na Fox Business Network – ‘Imus in the Morning’ e ‘Your World with Neil Cavuto’. No canal do magnata australiano-americano Rupert Murdoch, a jornalista também podia ser vista com regularidade nos espaços ‘Fox & Friends’, ‘Red Eye with Greg Gutfeld’, ‘Huckabee’ e ‘Good Day New York’.

    A jovem profissional é um dos três filhos de Carolina Reis Macedo e John Macedo, que emigraram nas décadas de 70 e 60, respectivamente, de Alheira, concelho de Barcelos (Minho) para Mineola, na região nova-iorquina de Long Island.

    “O facto de me expressar em português e espanhol tem sido muito útil para a minha carreira em jornalismo”, reconhece Diane Macedo, na entrevista exclusiva que concedeu ao bissemanário LUSO-AMERICANO.

    A nova apresentadora da CBS 2 nasceu em Mineola, NY e formou-se no liceu local. Foi no Boston College, em Massachusetts, contudo, onde descobriu “o amor pelo jornalismo” – de acordo com a sua biografia oficial, fornecida pela CBS. Chegou mesmo a colaborar, na altura, para o NewTV – um programa comunitário em Newton, MA.

    Para Diane Macedo, “o facto de não termos barreiras linguísticas pode ser fundamental para compreender melhor todos os ângulos de uma reportagem. Ao fazermos jornalismo, geralmente entramos em contacto com as pessoas em situações críticas, difíceis, e ouvi-las expressarem-se no seu idioma certamente que facilita a comunicação.”

    A jornalista conta que, ao crescer, “olhava para Meredith Vieira como um exemplo a seguir.” Referindo-se à conhecida apresentadora também de origem lusa, que trabalhou para a CBS entre 1982 e 1993, Diane Macedo afirma: “Lembro-me dos meus pais apontarem para ela na televisão e dizerem que também era portuguesa. O que me ajudou a acreditar que eu um dia podia lá chegar. Tenho muita honra em trabalhar hoje na mesma redacção por onde ela passou.”

    O actual vice-‘mayor’ de Mineola, Paul Pereira, foi professor de História de Diane no liceu daquela vila – em 2000 – e desde cedo reconheceu nela “qualidades de liderança”. Diz Pereira, convidado pelo jornal LUSO-AMERICANO a comentar a chegada da jornalista à CBS: “Tanto do ponto de vista académico como desportivo, teve sempre uma motivação interior muito grande. Não tinha receio de expressar as suas opiniões e estava sempre atenta aos acontecimentos da actualidade. Não me surpreende, por isso, que tenha chegado a este nível na sua carreira.”

    Diane Macedo, que se casou em Julho do ano passado numa cerimónia em Londres, na Inglaterra, confessa que nos tempos livres se dedica à prática desportiva, a cozinhar para amigos e familiares e a cantar com o grupo ‘Tribeca Rhythm’.

    “A minha experiência na CBS 2, até agora, tem sido óptima”, nota. “É incrível estar rodeada de pessoas muito profissionais naquilo que fazem e, ainda assim, terra-a-terra. Espero que o futuro me continue a sorrir.”