ESTADOS UNIDOS | Icónica unidade de hotelaria em Nova Iorque reabre com toque português

936

webluso

Um dos mais emblemáticos hotéis nova-iorquinos, o New York Palace, reabriu ao público após meses de obras de remodelação – agora com toque português. É que a redecoração de algumas das áreas mais importantes e visíveis da unidade de hotelaria – a entrada, a sala de espera e o bar – é de responsabilidade da arquitecta lisboeta de interiores Alexandra Champalimaud e da sua firma, Alexandra Champalimaud & Associates.

O New York Palace é a combinação de uma antiga mansão, a Villard, e um arranha-céus moderno de 55 andares; o hotel está localizado no 455 da Madison Avenue, na esquina da 50ª Rua – em frente à Catedral de São Patrício. O NYP foi construído por Harry Helmsley, que o inaugurou em 1981, e esteve sob sua alçada até 1992 – quando é comprado por um grupo de investidores que ainda o detém.

Alexandra Champalimaud, por seu lado, criou a sua empresa de arquitectura de interiores há três décadas no Canadá – onde chegou a ter como cliente o antigo primeiro-ministro Pierre Trudeau. Champalimaud – que carrega o conhecido apelido por via do casamento – transferiu a firma em 1994 para Nova Iorque, onde acabaria por renovar hotéis como o Drake e o Algonquin.

A estilista vive entre o seu apartamento nova-iorquino em SoHo e uma casa histórica no condado de Litchfield, em Connecticut; está casada em segundas núpcias com o banqueiro Bruce Schnitzer, ligado à Wall Street.