ELIZABETH,NJ: Rancho Folclórico Dança na Eira celebrou o seu 19 aniversário

    2463

    IMG_7892

    O Rancho Folclórico Dança na Eira, da Fundação Bernardino Coutinho, celebrou no último sábado o seu 19 aniversário. A festa de celebração teve lugar no salão dos Arcos, da Igreja de Nossa Senhora de Fátima, de Elizabeth, com lotação esgotada, muita música e muita animação.

    Como convidado especial esteve presente o Rancho Folclórico Prais de Portugal, que se deslocou do Quebec, Canadá, um excelente e numeroso agrupamento que apresentou as suas duas vertentes adulto e infantil em danças que entusiasmaram a assistência.

    E após as boas vindas pelo director do Dança na Eira, Denis Cavadas, foi este o rancho que primeiro se apresentou ao público, muito saudado e a mostrar que também no Canadá o folclore está em força e a atrair a juventude.

    Como acontece com a maior parte dos ranchos folclóricos os trajes, a música e as tradições minhotas estiveram em destaque tanto pelos adultos como pelo agrupamento infantil, a constituir um dos pontos altos do serão.

    A seguir apresentou-se o rancho aniversariante, também eles com a beleza e o colorido dos seus trajes e a dar continuidade ao festival minhoto tão diversificado nas suas músicas e nas suas danças.

    E chegou a vez dos mais pequeninos “da casa”, recebidos com fortes aplausos que se repetiam em cada actuação. Alguns ainda bem novinhos mas bem concentrados em cada passe, deixaram a garantia de que a continuidade do rancho está bem assegurada.

    Com uma pausa entre as actuações para distinguir quem mais se salientou ao longo da ano, o director Denis Cavadas referiu que “se fôssemos atribuir um galardão pelos seus méritos muito outros sem dúvida que mereciam essa distinção. Nos passados anos atribuímos outros prémios de distinção e queremos que fique como tradição que pretendemos e sabemos sempre reconhecer aqueles e aquelas que mais dedicação e valorização prestaram ao seu rancho. É, pois, para nós uma honra conceder novamente este ano o nosso grato reconhecimento aos seguintes elementos que acreditamos que em 2013 mais se salientaram, esperando que sirva de motivação para os mesmos e para todos os os outros”.