ELIZABETH, NJ | Senador Lesniak e grupos de defesa lançam campanha para apoiar a reforma da imigração do presidente Barack Obama

    855

    Lesn 1

    O Senador estadual Raymond Lesniak (D-Elizabeth) convocou na passada quarta-feira os residentes de NJ, e sobretudo a imprensa, para fazer ouvir a sua voz através de uma campanha de petição on-line a enviar em mensagem para a delegação do Congresso de New Jersey para apoiar uma reforma imigratória abrangente e um caminho claro de cidadania para aqueles que a procuram.

    “Estamos aqui hoje para enviar uma mensagem para a delegação do Congresso de New Jersey. Faça o seu trabalho”, disse Lesniak. “Entre os Senadores que apoiam estão Bob Menendez e Cory Booker, aprovar uma reforma abrangente da imigração é um caminho para a cidadania, ou votar contra ela, se quiser, mas não fazer nada não é opção.”

    Para enviar a mensagem de iniciativa do Senador Lesniak o objectivo é a recolha de 100.000 assinaturas on-line através de uma extensa campanha de mídia digital e social. O abaixo-assinado será também apoiado através de uma parceria com a organização Families United for New Jersey, SEIU 32BJ, líderes comunitários e autoridades locais eleitas.

    Estima-se que existem cerca de 11 milhões de residentes sem documentos nos Estados Unidos. Numerosos estudos demonstram que o estímulo económico de gastos do consumidor por trabalhadores indocumentados cria biliões de receitas fiscais e quase um milhão de postos de trabalho, e que essas receitas de impostos e empregos seria estimulada por um caminho para a cidadania.

    O anúncio do Senador Lesniak vem um dia depois de uma audição realizada pela House Homeland Security Committee onde os republicanos lutaram contra as reformas de imigração propostas pelo presidente Obama, com reivindicações rebuscado de que “prejudica a Constituição e ameaça a nossa democracia”, de acordo com o deputado Mike McCaul, R-Texas.

    Em 2013, o Senado dos Estados Unidos passou uma reforma migratória integral que dedicou recursos sem precedentes para a segurança nas fronteiras. Desde então, a Câmara dos Representantes, controlada pelos republicanos, não tomou nenhuma acção, recusando-se mesmo a colocá-la à votação.

    Lesniak acrescentou: “Os membros do Congresso que se opõem à reforma da imigração do presidente Obama querem colher os benefícios que a democracia lhes proporciona – a oportunidade de exercerem cargos de eleição – mas ignoraram os princípios básicos com que este país foi fundado em que criou essa oportunidade para eles”.

    “Estamos orgulhosos por estarmos com o senador Lesniak e ecoar a sua mensagem”, disse Kevin Brown da SEIU 32BJ. “O Congresso está a transformar uma decisão muito fácil mais difícil do que realmente é. Apelamos à delegação do Congresso para olhar para os seus distritos, verem os rostos que vemos todos os dias, e tomarem a decisão certa para apoiar a reforma da imigração”.

    “Numa simples decisão entre certo e errado da Câmara dos Representantes, foi errado desde Julho de 2013 não agirem sobre uma questão que afecta a todos no nosso país”, disse Edward Correa, director executivo da Working Families United para New Jersey, imigrante da Colômbia. “É tempo de a Câmara dos Representantes fazer coisas certas, a nossa coligação espera poder ter orgulho na nossa delegação local para fazer parte desse esforço”.

    Para votar on-line

    raymondlesniak.com