ELIZABETH, NJ | Seis candidatos para três vagas nas eleições para o ‘Board of Education’ na próxima terça-feira, dia 4

    863

    B 1

    Na próxima terça-feira, dia 4 de Novembro, é dia de eleições, e mais uma oportunidade para os residentes na cidade de Elizabeth escolherem os membros que irão preencher as vagas que vão ficar em aberto no Board of Educação desta cidade.

    São seis os candidatos, distribuídos por duas listas, que concorrem para os três lugares que no final do ano vão ficar vagos por término dos mandatos, uma corrida que está a despertar o maior interesse e para o que se espera uma boa participação por parte dos eleitores.

    Paul Perreira, que termina os seus três anos de mandato no final do ano, e Rafael Fajardo, que foi chamado para preencher o lugar deixado em aberto com a saída antecipada de um membro que também termina o seu período no final do ano, portanto também sujeito ao voto para assegurar ou não a sua continuidade, são os membros que deixam dois cargos em aberto para os quais se recandidataram.

    O outro cargo a ficar vago é presentemente ocupado por Fernando Gonzalez, que não concorre e para o qual se candidatou Stefano Calella, que nunca serviu no Board apesar de já ter concorrido em ocasiões anteriores.

    Este grupo, que concorre sob a sigla SOS (Save Our Schools), é a lista afecta ao Board of Education, e têm os seguintes números correspondentes à linha de voto: Paulo Perreira, #3; Stefano Calella, #4, e Rafael Fajarado, #6.

    Quanto à outra lista candidata, afecta à facção do “Mayor” Bollwage e que concorre sob a sigla “For the Children of Elizabeth”, a mesma é constituída por Maria Amin, com o #1, Malik Jackson com o número #2, e Maria Carvalho com o #5.

    Refira-se que estes três membros concorrem pela primeira vez, mas nem por isso estão alheios às questões do ensino dado que devido às suas actividades profissionais estão muito próximo dos assuntos escolares.

    Refira-se, também, que se a luso-americana Maria Carvalho for eleita vai juntar-se a outro luso-americano, Tony Monteiro, actual presidente do Board, e aumentar o número de luso descendentes que já serviram este órgão. As eleições são dia 4 de Novembro, o número de votos atribuídos a cada candidato é que irá determinar quem são os vencedores para os próximos três anos.