ELIZABETH, NJ | Portuguese Lions Club ofereceu almoço de Acção de Graças

    885

    Lions 2 copy

    Cerca de duas centenas de pessoas carenciadas participaram no almoço anual de Acção de Graças que decorreu na passada quinta-feira mais uma vez levado a efeito pelo Elizabeth Portuguese Lions Club.

    Refira-se que a participação deste ano esteve um pouco aquém da do ano passado, e longe do que acontecia anos atrás, uma das razões, de acordo com a organização, é que agora há mais organizações a levarem a efeito iniciativas idênticas, o que leva à distribuição das pessoas para outros locais.

    Nota-se também que ano após ano tem melhorado muito o aspecto das pessoas que recorrem a este meio para uma refeição quentinha, bem confeccionada e servida na mesa neste dia de Acção de Graças, e que mesmo casais jovens fazem-se transportar nas suas viaturas e não se envergonham de dar a cara, ao contrário do que acontecia. Afinal os Lions estão ali para receber quantos os procuram, e jovens ou idosos têm o mesmo tratamento.

    Durante as breves intervenções antes de servir o almoço, o presidente do Elizabeth Portuguese Lions Club, Joaquim Panarra, deu as boas vindas aos presentes e agradeceu ao numeroso grupo voluntários, cerca de 80, entre os quais muitos jovens, assim como a quem este ano organizou o evento, por sinal três advogados, Manny Grova, Nelson Monteiro e Jubilo Afonso. Maria Carvalho fez a bênção da refeição e pouco depois os voluntários colocavam nas mesas o prato principal, peru, e respectivos acompanhantes.

    Na cozinha Manuel Grova, que se deslocou da Flórida, e Manuel Gonçalves, davam conta dos perus que assavam no forno e que foram cortados pelo Correia e pelo Alberto, assim como do puré e dos ingredientes que acompanharam a refeição. Desta vez houve uma baixa na cozinha, a D. Rosa Grova que não participou por motivos de saúde.

    Este foi o 28º ano em que este almoço é servido, os 20 perus voltaram a ser oferecidos pela PBA.