ELIZABETH, NJ | Igreja de Nossa Senhora de Fátima celebrou o seu 41º aniversário

    1408

    Igreja 10

    A Igreja de Nossa Senhora de Fátima, de Elizabeth, festejou no último domingo com pompa e circunstância o seu 41º aniversário.

    O cerimonial teve início com a celebração de uma Missa de Acção de Graças, e prosseguiu no Salão dos Arcos completamente cheio e sem espaço para muitas outras pessoas que pretendiam participar.

    Lurdes Castanheira e Lídia Maio dirigiram o cerimonial que, após as boas-vindas aos presentes, foi iniciado com a entrada de jovens escuteiras que transportavam as bandeiras dos dois países, ouvindo-se de seguida os respectivos hinos nacionais interpretados por Margareth de Jesus.

    Foram apresentados os convidados especiais – Bispo Marconi, Deputada Maria João Ávila, Vereador Manny Grova, Freeholder Sérgio Granados e os casais Paulo Pires e Jack Barros (que prepararam o livro de aniversário).

    Presentes estiveram também representantes da comissão do Dia de Portugal em Elizabeth, o grupo Juventude de Deus, representação da Casa-De-Trás-Os-Montes e Alto Douro, e do PISC, entre outros.

    No uso da palavra o Freeholder Sérgio Granados enalteceu a importância da Igreja portuguesa como motivo de orgulho da comunidade, e o quanto pela mesma tem feito ao longo destes 41 anos.

    O Vereador Manny Grova felicitou a comissão que organizou o evento, deixando também palavras de apreço por quantos ao longo de mais de quatro décadas souberam conduzir e fazer prosperar a Igreja que é parte integrante da comunidade portuguesa.

    Para a Deputada Maria João Ávila este foi mais um ensejo para com o seu estilo característico felicitar quantos dedicaram e dedicam o seu tempo ao serviço desta Igreja, sem esquecer um dos seus grandes obreiros, o falecido Jack Sousa, e para felicitar os seus párocos, a quem ofereceu lembranças.

    O “Trustee” Fernando de Jesus salientou a mudança que se está a fazer sentir nesta Igreja, estando confiante de que o seu futuro continua a ser muito promissor.

    Quanto aos párocos a quem está confiada a administração desta Igreja, o Padre Nuno colocou em destaque o esforço e a boa vontade de quantos contribuem para a prosperidade da mesma, assim como todos os fiéis que continuam a contribuir para o seu prestígio.

    O Padre João Carlos não conseguiu evitar a emoção de servir esta Igreja em conjunto com o Padre Nuno, que também foi muito ovacionado.

    Foi, sem dúvidas, uma festa em que nos momentos próprios atendeu-se às características da mesma, mas também houve lugar para uma tarde alegre e bem divertida. O serviço de cozinha e mesas esteve a cargo do restaurante Valença, a música para dançar foi do Duo Rotação.