ELIZABETH, NJ: Cozido à portuguesa foi tarde de convívio e diversão no PISC

1272

Um suculento cozido à portuguesa levou no domingo ao salão de festas do PISC cerca de duas centenas e meia de pessoas que tiveram uma óptima tarde de convívio e diversão.

PISC 7

A abrir, o presidente Jack Horta deu as boas-vindas aos presentes a quem desejou bom apetite para o almoço e uma boa tarde de festa, como aconteceu.
Esta primeira actividade da nova direcção tratou-se de uma deferência para com os associados com cotas em dia, para quem o almoço foi gratuito, mas também um convite aos que se encontram com as mesmas em atraso para que regularizem a sua situação. Os não sócios também tiveram acesso ao convívio, tudo isto a demonstrar que os novos corpos gerentes estão na disposição de continuarem a dinamizar a colectividade e dar continuidade ao que tem vindo a ser feito.
Para além do almoço e do convívio, durante a tarde não faltaram motivos de interesse a despertar a curiosidade dos convivas.
E como nestas ocasiões surge sempre uma surpresa,  desta vez foi Rosa Santos, bem conhecida nos meios folclóricos, a pegar no microfone para interpretar uma canção em dueto com o Carlos do Duo Primavera. A assistência gostou e aplaudiu.
Depois veio o concurso de dança, também coordenado e dinamizado pelo Carlos, no qual ficaram identificadas as melhores dançarinas, já que não houve candidatos masculinos. Ao som da música “Ai se te pego” as concorrentes iam sendo eliminadas até às três finalistas, a Maria José, a Odete e a Ana, tendo saído vencedora a Maria José, à qual foi entregue o prémio respectivo.
O almoço foi confeccionado pelo chefe Manny Costa e seus ajudantes, e servido por uma equipa auxiliada por membros da Nova Mocidade do PISC e da Direcção.