ELIZABETH, NJ | Associação Mulher Migrante teve jantar-convívio e reorganizou núcleos nos EU

    735

    Migrante 2

    Os membros e simpatizantes da Associação Mulher Migrante conviveram na passada quarta-feira durante um jantar que decorreu no restaurante Valença, em Elizabeth.

    Presentes estiveram a presidente da referida organização, Dra, Rita Gomes, e a presidente da Assembleia Geral, Dra, Manuela Aguiar, que no regresso do Canadá onde no passado dia 14 levaram a efeito uma conferência na Universidade de Toronto, aproveitaram a oportunidade para se reunirem com os membros desta área nos Estados Unidos, e também para participarem no Primeiro Congresso de Jovens estudantes da língua portuguesa que também por sua iniciativa decorreu na tarde do mesmo dia no liceu desta cidade.

    A homenagem à recentemente falecida Dra. Manuela Chaplin, grande impulsionadora na propagação da Mulher Migrante neste país, foi um dos assuntos levados à prática neste encontro,

    A criação de núcleos da Mulher Migrante nos Estados Unidos, e a reestruturação dos já existentes, foi outro dos assuntos tratados neste encontro.

    Assim, o núcleo de New Jersey passou a ser liderado por Lídia Maio. Para o núcleo de Pennsylvania foi nomeada Mina Grosso, e para o da Califórnia, Deolinda Adão.

    Ainda nesta ocasião foi criado o núcleo de Jovens da Mulher Migrante, presidido pela jovem Emily Gonçalves.

    Mas o trabalho não fica por aqui, dado que continuam os esforços para que sejam nomeadas outras pessoas noutras comunidades nos Estados Unidos.

    Mulher Migrante, é um projecto que através do estudo dos problemas da Mulher e, mais especificamente da Mulher Migrante, em cooperação com as várias associações das Comunidades Portuguesas no Mundo, procura dar apoio à integração das mulheres nos países onde vivem e defender os seus direitos de participação social, económica e política, considerando que a participação das mulheres migrantes na vida comunitária é decisiva para a dinâmica associativa e o aumento dos níveis de participação cívica dos portugueses que vivem e trabalham no estrangeiro.

    Estar Presente no Mundo que Portugal criou e fazer a ponte entre as diversas comunidades é um dos projectos da referida organização

    A Associação Mulher Migrante foi criada no dia 8 de Outubro de 1993, mas o início da sua actividade teve lugar no dia 2 de Janeiro de