Elizabeth, New Jersey junta-se ao grupo dos municípios que paga dias por doença

    922

    imagesNo início desta semana, Elizabeth tornou-se no 10º município de New Jersey a passar uma iniciativa que paga dias por doença após os eleitores terem aprovado uma pergunta nas últimas eleições.

    A nova portaria será idêntica às de outros municípios de New Jersey, permitindo que os trabalhadores do sector privado possam acumular até uma hora de tempo por doença paga por cada 30 horas de trabalho.

    A lei aplica-se a trabalhadores de empresas com 10 ou mais empregados.

    Os que trabalham “em contacto directo com o público”, tal como em matérias conexas ao serviço de alimentação ou creches, já acumulavam até 40 horas por ano, independentemente da dimensão do seu empregador.

    “Parabéns aos residentes Elizabeth por tomarem uma posição para os trabalhadores e suas famílias”, disse Kevin Brown, vice-presidente da organização “Trabalhadores Unidos”

    “A aprovação do referendo significa que os trabalhadores em Elizabeth já não terão de temer a perda de salário ou até mesmo o seu trabalho, se precisarem de ficar em casa para recuperarem de uma doença ou cuidar de um familiar doente. E vai finalmente trazer justiça aos trabalhadores no Aeroporto Internacional Newark Liberty, onde a maioria dos trabalhadores do Terminal A, do lado da Elizabeth não tinham a mesma sorte dos trabalhadores do lado de Newark.

    “Foi uma tremenda vitória para mais de 25.000 trabalhadores de Elizabeth que não vão ter de escolher entre a sua subsistência e a saúde da sua família”, disse Kevin Brown no início desta semana. “Esta votação é também um claro apelo à acção dos líderes eleitos em Trenton. Os eleitores de New Jersey acreditam que dias doentes pagos deve ser um direito básico dos trabalhadores, e não vamos parar até Trenton promulgar uma lei estadual que abranja todos os trabalhadores no Estado. ”

    Quase todas as cidades de Nova Jersey já aderiram ao pagamento de dias por doença.

    • Para mais pormenores, ASSINE a edição online. Ou compre a edição impressa de 4ª feira, 11 de Novembro de 2015.