“Dia de Portugal em Newark foi uma grande montra de Portugal no mundo”

    1487

    Dia Portugal

    Fernando Grilo presidente do comité organizador do Dia de Portugal e da União dos Clubes luso-americanos de New Jersey (UCLANJ), disse em exclusivo ao Luso Americano que as contas referentes ao evento “serão apresentadas publicamente em Setembro.”

    Sobre a realização do evento, Grilo referiu: “estamos bastante satisfeitos com os resultados alcançados, uma vez mais não se registaram problemas com segurança. Existem aspectos a melhorar e posso dizer que aprendemos com os nossos erros e em 2015 faremos ainda melhor.”

    Sobre os vendedores ambulantes Grilo refere que “notamos uma grande afluência de vendedores de comes e bebes de outras etnias mas pensamos que como se trata do Dia de Portugal devemos promover mais activamente os nossos produtos, esse é um dos aspectos a rever. Outro dos assuntos diz respeito à componente cultural e entendo que é preciso introduzir um segundo palco em 2015 e realizar um festival de folclore num dia diferente, de modo a que todos os ranchos possam ser devidamente apreciados e também outras áreas do espectáculo devem também estar devidamente representadas”.

    Ainda em relação a aspectos a melhorar, Grilo referiu que “a grande parada tem que se realizar às três horas da tarde, foi um erro começar às duas pois a nossa comunidade tem hábitos e realizar a parada mais cedo prejudica a afluência de pessoas”.

    Um dos aspectos mais falados foi a questão da segurança noutros eventos realizados na Ferry Street. Recorde-se que na noite de sábado, a policia ordenou o encerramento dos festejos no parque uma hora mais cedo.

     

    Sobre alegada possibilidade de ver a selecção na Parada, Grilo diz que foi feito o possível e o impossível mas a Comissão do Dia de Portugal “foi completamente ignorada” depois de semanas e semanas de contactos.”