Di Vincenzo confirma candidatura a Governador no próximo mês de Novembro

    1596

    Di

    Alguns círculos democratas não gostam de Joseph Di Vincenzo mas tal não impede o Executivo do Condado de pensar em procurar os apoios necessários para uma eventual candidatura a Governador de New Jersey em 2017.

    “Vou ver depois de Novembro,” que deverá ter pouca dificuldade em conquistar um quarto mandato contra o republicano Cedar Grove, e o vereador Peter Tanella. “Uma coisa de cada vez,” concluiu.

    Di Vincenzo fez estas declarações a dois jornalistas após ter junto de si o governador Chris Christie na cerimónia inauguração do novo edifício no Back Zoo Turtle. Mr. Di, como é conhecido, reconheceu que a sua relação com Christie, um republicano, deixou algumas marcas no Partido Democrata.

    A campanha de reeleição de Christie foi contra a democrata Barbara Buono (D-Middlesex), e Di Vincenzo não só apoiou o governador republicano, mas também ajudou a convencer vários autarcas democratas do Condado de Essex a votarem contra Buono em, favor de Christie.

    “O melhor que fiz nos meus mandatos foi por as finanças da casa em ordem. Quando assumi funções pela primeira vez, tínhamos um défice de 64 milhões de dólares e hoje temos um excedente de 44 milhões dólares”, disse Di Vincenzo.

    Outros democratas ponderam candidatar-se ao cargo de Christie em 2017 entre os quais o presidente do Senado Stephen Sweeney, o Mayor de Jersey City, Steve Fulop e ex-embaixador alemão Phil Murphy.

    Potenciais candidatos republicanos incluem o Tenente-Governador Kim Guadagno, líder da minoria na Assembleia, Jon Bramnick, o líder da minoria no Senado, Tom Kean Jr. e o senador estadual Christopher “Kip” Bateman.

    Krista Jenkins, professor de ciências políticas da Fairleigh Dickinson University e director-executivo da PublicMind, disse que a questão das pensões, e os problemas éticos são grandes obstáculos para Di Vincenzo na sua provável candidatura a Governador.

     

    Di Vincenzo disse, contudo, que vai pensar no aasunto da candidatura.

    “Estamos a três anos de distância e há muito tempo”, disse o Executivo do Condado.

    Nos últimos tempos têm-se especulado sobre uma eventual candidatura de Christie à Presidência dos Estados Unidos em 2016.

    Contudo, há alguns analistas que pensam que Di Vincenzo não irá concluir o objectivo de Trenton face a alguns escândalos públicos de que foi alegadamenteprotagonista.