Clube Açores de Newark celebrou sábado o seu 46º aniversário

    1008

    IMG_0053

    No passado sábado, o Clube Açores de Newark celebrou o seu 46º aniversário com uma festa realizada no seu salão de festas.

    Aproximadamente duas centenas de pessoas marcaram presença no evento, entre elas a deputada ao parlamento Português Maria João de Ávila, o vereador do Bairro Leste da cidade de Newark Augusto Amador, o chefe da Polícia Anthony Campos, o capitão da 3ª esquadra Joe Pereira, a legisladora estatal Eliana Pintor Marin, os membros do clero Padre António Silva, Padre Nuno Rocha e Padre João Carlos, o presidente da União dos Clubes Fernando Grilo, entre outros.

    A cerimónia foi conduzida por David Pimentel e Arthur Pimentel, presidente da Assembleia Geral, que foi o mestre de cerimónias das festividades.

    Arthur Pimentel começou por referir que “esta bonita festa se deve ao trabalho realizado por um grupo sempre fiel ao clube, por um grupo que vive e sente o Clube e a eles quero prestar aqui a minha homenagem”.

    Augusto Amador afirmou depois “os laços que me unem a esta casa. Foi aqui que comecei a minha carreira e aqui sempre fui recebido com todo o carinho”.

    Maria João de Ávila, referiu “ao longo dos séculos a emigração lusa foi sempre um exemplo, e o Clube Açores soube sempre manter essas raízes que nos ligam a nossa cultura e a nossa Portugalidade, concluindo “os portugueses no estrangeiro são construtores dessa ponte que nos une e a diáspora continua a ser o elo de ligação ao mais elementar dos nossos princípios que fazem de nós Portugueses um povo único”.

    Eliana Pintor Marin, no seu discurso salvaguardou, “os laços de família que se vive neste clube, a amizade que une as pessoas e é neste ambiente que me sinto bem, e é neste ambiente que como mãe também quero criar os meus filhos”.

    Anthony Campos fez questão de referir “a colaboração que sempre recebeu do Clube Açores, um autêntico barómetro comunitário sempre pronto a colaborar com o departamento policial”.

    Durante a cerimónia Arthur Pimentel distinguiu ainda dois dos sócios que chamaram a si a responsabilidade de criar o presépio e também entregou uma placa de reconhecimento ao antigo presidente John Prazeres.

    No clube Açores viveu-se mais uma excelente jornada, onde a amizade, e o sentido de família tão característico das gentes das belas Ilhas esteve uma vez mais em evidência.