Cinco líderes comunitários luso-americanos participaram em Portugal num fórum sobre associativismo

    1523

    colelho

    Num evento organizado pela Confraria dos Saberes e Sabores da Beira – Grão Vasco, com o Alto Patrocínio do Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, teve lugar de 26 a 28 de Março em Lisboa um encontro no qual participaram 26 dirigentes associativos da diáspora portuguesa, oriundos de diversos países da europa e fora da europa (Brasil, África do Sul, Argentina, Estados Unidos, Luxemburgo, Canadá, Alemanha, Suíça, Bélgica, França, Espanha e Andorra), reunindo diferentes experiências, saberes e conhecimentos, das diversas associações onde os participantes realizam trabalho junto das comunidades dos países onde residem.

    Este Fórum de três dias de trabalho permitiu a partilha de todas estas experiências, inserido num curso de formação de dirigentes associativos. O curso teve uma componente teórica, onde os participantes tiveram acesso a um conjunto de informação/módulos úteis e importantes para o desenvolvimento do trabalho das suas associações, tais como: programas de acção, organização e gestão associativa, projectos e candidaturas, legislação, parcerias. Tiveram ainda oportunidade de visitar e conhecerem realidades concretas do trabalho desenvolvido por algumas associações da área de Lisboa, participaram numa excelente mostra associativa, além de conhecer o trabalho que a Câmara Municipal de Oeiras (parceiro institucional do evento), desenvolve junto das associações. Os painéis de trabalho tiveram a participação ativa das instituições de maior relevância e experiência com o movimento associativo, nomeadamente, o Instituto Português do Desporto e Juventude a Federação Nacional das Associações Juvenis e o Conselho Nacional de Juventude. Houve ainda espaço para um momento marcante e alto do curso, que foi a partilha, por parte dos dirigentes associativos, das suas próprias experiências pessoais, da realidade dos seus países de origem e do trabalho associativo que desenvolvem.

    Este curso, além da sua importância ao nível da “informação, conhecimentos e competências, que apreenderam e que cada um dos participantes irá levar para as suas comunidades e associações, permitiu também levarem na “bagagem” uma motivação acrescida, ideias novas e novos projectos, uma nova ambição, que irá permitir incentivar a uma maior acção e dinâmica das associações. De salientar ainda que este curso de formação teve ainda a virtualidade do reforço da ligação de Portugal à sua diáspora, além de também permitir serem portadores de uma mensagem positiva e de esperança de Portugal.

    Foram sem dúvida 3 dias de debate e partilha entre os participantes sobre as temáticas propostas no programa do evento, tendo criado um espírito e uma motivação, que estamos certos terá resultados, nomeadamente, aumentar os níveis de participação das nossas Comunidades, resultando em novos desafios e sinergias, em prol das comunidades da diáspora portuguesa e de Portugal.

    Importante ainda salientar, que dos trabalhos resultaram vários projectos, destacando-se os que apontam para o lançamento de uma plataforma inter-associativa a nível mundial.

    Esta plataforma deverá constituir-se de forma autónoma do Governo ou de movimentos políticos, empenhando-se no desenvolvimento de projectos que promovam o trabalho em rede e o reforço da participação cívica.

     

    Participantes de NJ

    Raquel Martins Rosa – Clube Português de Long Branch/Escola Lusitânia.

    Carla Rodrigues – Social Club of Elizabeth/Comité do Dia de Portugal de Elizabeth/ Portuguese Lions Club.

    Jennifer Costa Gomes – Comité do Dia de Portugal de Elizabeth/ Portuguese Lions Club.

     

    Participante de Rhode Island

    Pedro Lourenço – Cranston Portuguese Club.

     

    Participante da Califórnia

    Manuel Bettencourt – Luso-American Education Foundation.