Chasing the Dream Para, um livro que reflecte os dramas da diáspora

    888

    Chasing the Dream

    John de Melo, antigo funcionário bancário, ramo a que dedicou mais de três décadas da sua vida, achou por bem ocupar o seu tempo livre na reforma dedicando-se à escrita. E assim surge o Chasing the Dream.

    “A ideia ou vontade de escrever já me andava na mente desde a década de 1990, altura em que escrevia alguns artigos para um jornal na Califórnia”, começou por explicar o John de Melo.

    O autor contou ao Luso-Americano que em 1999 fez um trabalho sobre a Romaria em S. Miguel, nos Açores, altura em que entrevistou o mestre dos Romeiros, e posteriormente sobre três peregrinações que fez a Santiago de Compostela, e a ideia de escrever um livro começou a ganhar contornos mais definidos.

    “Comecei por desejar os enredos, a construir as personagens, a recolher todas as minhas experiências e, sobretudo, a pesquisar a diáspora — aquilo com que os imigrantes sonham, o que seriam as suas vidas com todos os dramas e intrigas que fazem parte da sua vida diária.

    • Para mais pormenores, ASSINE a edição online. Ou compre a edição impressa de 4ª feira, 4 de Março de 2015.