ARTESIA, CA: 23º aniversário da Rádio-Televisão Artesia

    975

    Cal2

    Como foi anteriormente anunciado, a Rádio-Televisão Artesia celebrou no dia 22 do passado mês de Março o seu 23º aniversário ao serviço da comunidade, com um programa que agradou a todos os presentes.

    O serão teve início com um lauto jantar, o que é apanágio dos festejos deste órgão de comunicação social, que sempre possui directores com muito gosto.

    O serão continuou com Joey Martins dando algumas explicações sobre o evento, passando depois a palavra ao casal Manuel e Luiza Aguiar, gerente geral e locutor da supracitada estação.

    O casal Aguiar desempenhou muito bem a sua missão, um em português e o outro em inglês, apresentando o programa e dando as boas-vindas aos artistas, incluindo os Sete Colinas, e a todos os presentes, incluindo a comunicação social. Simultaneamente, agradeceram aos patrocinadores, entre os quais se realça José da Rosa, nascido e criado na cidade de Artesia, presidente da companhia Toyota Texas, que abrange a Califórnia e a grande fábrica no México, entre Tijuana e San Diego, e que apresentou um cheque com um donativo no montante de $13,000.

    A primeira parte teve início com um número musical apresentado pelos três artistas do Sete Colinas, Hélder Carvalheira, Manuel Escobar e João Cardadeiro. Seguidamente, acompanharam o primeiro fado cantado pela jovem Mariza Medeiros, desta comunidade, que se continuar será uma fadista.

    Seguiram-se canções interpretadas por duas meninas, componentes da filarmónica, com as suas flautas, e acompanhadas pelos Sete Colinas, que deliciaram toda a assistência.

    Estava anunciada uma surpresa, e foi mesmo uma surpresa quando Manuel Aguiar anunciou o artista seguinte. Compareceu em palco um indivíduo que não falava nada português, e no entanto começou a cantar fado e, acompanhado pelos três tocadores presentes, cantou três fados que deixaram a assistência atónita. Com uma magnífica voz, tom e som dos bons fadistas, teve muita clareza nas palavras proferidas.

    Este homem chama-se Nemanya Sekiz, tem 26 anos, é natural de Belgrado (capital da Sérvia) e vive em Los Angeles há 5 anos. Gosta imenso de ouvir e cantar fado, e deseja aprender a língua portuguesa. É um caso digno de apreciação.

    Seguiu-se Angela Brito, conhecida fadista da Califórnia que anima os serões das comunidades portuguesas em todo o estado californiano.

    A segunda parte ficou a cargo da convidada de honra, a sobejamente conhecida fadista vinda de Lisboa, Joana Amendoeira. Esta fadista sem dúvida mostrou profissionalismo e convicção de que o fado é a canção nacional, e estímulo para os utentes das inúmeras casas de fado espalhadas pelos bairros típicos da nossa velha Lisboa e por todas as partes do mundo onde há portugueses.

    A estes festejos também esteve presente o convidado de honra Nuno Mathias, cônsul de Portugal em San Francisco, tendo também estado presentes José Ávila, director-editor do jornal Tribuna Portuguesa, e Fernando Dutra, correspondente do jornal Luso-Americano no sul da Califórnia, e um dos fundadores desta estação de televisão, a primeira em língua portuguesa nesta área.

    Parabéns a todos os responsáveis e seus colaboradores por este magnífico evento.