Americanos vão precisar de autorização para viajar para a Europa a partir de Janeiro 2021

1941

A UE anunciou no ano passado que estava a criar um sistema europeu de informação e autorização de viagem, ou ETIAS, que exigirá “filtragem de pré- viagem para os riscos de segurança e migração de viajantes que beneficiam de acesso sem visto para o espaço Schengen.”

O espaço Schengen é uma zona de 26 países europeus que não têm fronteiras internas e permitem que as pessoas se movam livremente entre si, incluindo países como a Espanha, França, Grécia, Alemanha, Itália e Polónia e Portugal.

Actualmente, os cidadãos dos Estados Unidos podem viajar para a Europa por até 90 dias sem qualquer tipo de autorização de viagem. O ETIAS mudará isso.

Os viajantes isentos de visto, incluindo cidadãos americanos, precisarão de solicitar a autorização ETIAS, (idêntica à exigida pelos Estados Unidos), antes de visitar o espaço Schengen. Este formulário pode ser feito online mediante o pagamento de uma taxa de 7 euros (cerca de $8). A autorização é válida por três anos. “Completando o aplicativo on-line não deve demorar mais de 10 minutos com a aprovação automática sendo dada em mais de 95% dos casos, disse “a Comissão Europeia numa declaração.

Os Estados Unidos têm um sistema similar chamado sistema electrónico de autorização de viagem, ou ESTA.

“Estamos de acordo com o plano da União Europeia para implementar o seu

próprio sistema de informação e autorização de viagem, semelhante ao ESTA, para contribuir para uma gestão mais eficiente das fronteiras externas da UE e melhorar a segurança interna”, referiu o departamento de estado dos Estados Unidos em comunicado. “Cada país tem o direito de determinar os seus padrões de entrada.”

Os Estados Unidos não serão o único país afectado pelas mudanças. A partir de 2021, os cidadãos de 60 países serão obrigados a candidatar-se ao ETIAS antes de entrarem no espaço Schengen. Brasil, Canadá, Nova Zelândia, Singapura, Israel e Maurícias, estão entre esses países. O Parlamento Europeu concordou em estabelecer o ETIAS em Julho.