AÇORES: Corvo em movimento combate sedentarismo na ilha mais pequena dos Açores

    1626

    Corvo

    A autarquia da mais pequena ilha açoriana, com 17,13 quilómetros quadrados e onde vivem pouco mais de 400 pessoas, lançou em Janeiro o projecto “Corvo em movimento”, envolvendo a população em actividades físicas para combater o sedentarismo.

    “Temos conseguido ter em todas as actividades cerca de 10% da população envolvida, o que é de considerar”, afirmou à Lusa o presidente da câmara de Vila do Corvo, José Manuel Silva, acrescentando que o projecto “tem sido um sucesso, porque tem captado pessoas de várias faixas etárias”.

    Numa ilha com apenas 17,13 quilómetros quadrados, onde não há ginásio, nem piscina coberta e as novas tecnologias “ocupam muito tempo” à população, uma vez que o acesso à internet é gratuito, a autarquia decidiu iniciar em Janeiro um projecto desportivo para tentar combater o sedentarismo.

    Desde o início do ano que a autarquia conta com os serviços em permanência de um professor de Educação Física, que trabalha ao abrigo do programa subsidiado pelo Governo Regional “Estagiar L”, e que apresentou ao município um plano de actividades para levar a cabo o projecto “Corvo em movimento”.