A validade dos cosméticos

1602

expiredbeautyproducts
Da mesma forma que faz, sazonalmente, uma limpeza geral aos seus armários e sapateira, deve fazer o mesmo com a sua gaveta ou bolsa de cosméticos. Todos os produtos de beleza e maquilhagem têm um prazo de validade que deve ser respeitado, a fim de assegurar a eficácia do cosmético e evitar infecções incómodas.
Atenção aos rótulos
Tal como lê as embalagens do leite ou dos ovos, aprenda a ler os rótulos dos produtos de beleza. A lei dita que qualquer cosmético com prazo de validade inferior a 30 meses deve conter na sua embalagem a seguinte indicação: “utilizar de preferência antes do final de …”. No caso dos produtos de beleza cuja esperança de vida é superior a 30 meses, a embalagem deve apresentar o símbolo do boião aberto com a indicação de quantos meses é que esse produto pode ser utilizado de forma segura desde o dia da sua abertura.
Porquê um prazo de validade nos cosméticos?
A explicação é, no fundo, muito simples: a maquilhagem é um íman para todo e qualquer tipo de bactéria, devido ao seu contacto frequente com os microrganismos que povoam o ar. Embora os conservantes que cada cosmético contém são desenvolvidos precisamente para combater bactérias, fungos e até vírus, a sua acção é limitada e daí a existência de um prazo de validade. Finda a sua esperança de vida, os conservantes perdem a sua eficácia e o contacto continuado com o ambiente exterior aumenta os riscos de contaminação da pele, olhos e boca. Para além de perder a sua eficácia – e se não for eficaz nos seus tons, brilhos e embelezamento para o que é que a queremos? – a maquilhagem fora de prazo tem efeitos secundários muito pouco agradáveis: vermelhidão, descamação, inchaço, irritação, dor e sensibilidade na pele e arredores. Evite que o feitiço se vire contra o feiticeiro e mantenha-se atenta aos prazos de validade de todos os seus cremes, batons, blush, rimeis, sombras, gloss e afins. Só porque o seu batom preferido ou o rímel que lhe custou, literalmente, os olhos da cara, ainda vão a meio, não significa que deve continuar a usá-los. Da mesma forma que não come iogurtes fora de prazo, não deve aplicar no rosto produtos cosméticos fora de prazo.

Mais pormenores na edição impressa 2/7/14