A nova moda dos cristais

    1315

    cristais

    Do mesmo modo que Marilyn Monroe cantava «Diamonds Are a Girl’s Best Friend», a Swarovski consegue criar peças trendy, fashion e acessíveis. Os cristais da marca são, cada vez mais, sinónimo de elegância que pode ser usada no dia a dia. Quando a Swarovski desenha as suas coleções, fá-lo com paixão, convicção… «Criamos ideias, assumimos riscos. A maior herança da marca é a reinvenção, a modernidade», explica Nathalie Colin, diretora criativa da marca, sobre os princípios que regem a Swarovski.

     

    Por isso, as colecções acabam por juntar um ADN que vive muito da lapidação e das cores com as ideias mais inovadoras, as mais recentes tendências e os mais diferentes estilos. Na Swarosvki desde 2006, depois de ter colaborado com casas de moda, como Chloé, Galliano e Roberto Cavalli, Nathalie Colin conseguiu trazer não só a sua experiência da moda, como o seu olhar mais atento em termos de design, uma vez que já colaborava com a marca desde 1994.

     

    Foi nessa altura que começou como consultora de tendências e cores, na divisão de pedras da marca. A diversidade de estilos e peças que comercializa existe graças à versatilidade do cristal, conforme explica a diretora criativa. «A forma como a Swarovski trabalha o cristal permite-nos mostrar as facetas mais bonitas deste material. Mesmo não sendo uma pedra preciosa, ajuda-nos a criar peças maravilhosas que podem ser usadas por mulheres muito diferentes, nas mais variadas ocasiões do dia a dia», sublinha.

    A herança da Swarovski, o glamour, o cuidado na lapidação e a sofisticação, está presente em cada uma das coleções da marca. Mas o lado mais moderno e os novos hábitos de consumo são também linhas a considerar na criação das peças. Assim, o equilíbrio entre as duas vertentes é o fio condutor da Swarovski que pretende combinar estilo e glamour, mas não esquecendo de acrescentar alguma sensibilidade e emoção nas peças.