Campanha da Victoria’s Secret lança polémica e gera contestação

0
733

 

untitledÉ uma das marcas de lingerie mais mundialmente conhecida e conta entre as suas hostes algumas das maiores manequins da actualidade – inclusive a portuguesa Sara Sampaio – mas, em termos de imagem, a Victoria”s Secret pode contar com algumas das mulheres mais belas do mundo, mas está sob o fogo. Tudo devido a uma nova campanha publicitária com o slogan “The Perfect Body” (“O Corpo Perfeito”), feita com o objectivo de promover o novo soutien – chamado ‘body’ – e em cuja imagem promocional surgem as famosas ‘angels’ da marca, de corpos esguios.

Mal o anúncio surgiu no Reino Unido, as reacções surgiram e não foram nada simpáticas. No twitter, de imediato a hashtag #iamperfect tornou-se a palavra de ordem das mulheres que denunciavam aquilo que consideram a apologia de um corpo ‘irreal’, dado que a maior parte da população feminina não tem as ditas ”proporções perfeitas” das manequins.

Após a controvérsia gerada nas redes sociais, surgiu uma petição a exigir que a Victoria’s Secret se desculpasse e terminasse com a campanha. “Os novos anúncios da Victoria’s Secret jogam com as inseguranças das mulheres e enviam uma mensagem prejudicial”, lia-se na petição.

A petição contra a campanha, considerada “irresponsável”, atingiu mais de 28 mil assinaturas, a Victoria’s Secret decidiu fazer alguma coisa.

Sem assumir nada publicamente, mudou o slogan da campanha e agora pode ler-se: ‘A body for every body’ (‘Um corpo para cada corpo’), passando assim a mensagem que o soutien Body se adapta a todo o tipo de mulheres. Mas será isso suficiente para acalmar as hostes?