Halloween: Decorar com Abóboras

0
554

halloween-decoration-on-black-112870708148mtbUm dos temas mais utilizados na decoração de Halloween é o tema da natureza.
Inspire-se nas cores do outono como os amarelos, os laranjas e os castanhos para conseguir a atmosfera perfeita. Combine com o preto, cor típica desta época festiva, para criar um ambiente ainda mais assustador.
Use cabaças, abóboras e folhas de outono para decorar mantas e mesas. Se mora numa casa, em vez de num apartamento, pode aproveitar o jardim da frente para começar a criar o ambiente pretendido.
Uma boa solução de decoração, e talvez uma das mais populares desta época, são as famosas abóboras esculpidas e iluminadas com velas, chamadas “jack-o-lantern”. Pode colocá-las no interior, por exemplo na varanda ou em frente a uma janela, ou exterior da sua casa, por exemplo nos degraus da porta da frente. Faça orifícios em forma de olhos, boca e nariz e ilumine internamente as abóboras com velas nas cores preta, roxa ou laranja. Certamente estas abóboras arrepiantes irão fazer as delícias dos seus convidados, especialmente dos mais pequenos.

A abóbora significa muito mais que uma brincadeira de Halloween; tem uma utilidade real na cozinha.
Com grande versatilidade e elevado rendimento, a abóbora pode ser usada em tudo e como um todo. Em entradas, snacks, sopas, pratos e sobremesas, aproveitando o recheio, mas também a casca e principalmente as sementes, não há nada na abóbora que se desperdice.

A mais tradicional das formas de consumo da abóbora passa pela sua incorporação em sopas, sendo esta uma excelente forma de não ficarmos reféns da batata neste componente fundamental da refeição, poupando assim a ingestão de mais alguns hidratos de carbono e tendo ganhos evidentes no sabor e no aporte de vitamina A. É exactamente nesta vitamina que reside o maior foco de interesse nutricional da abóbora, com a particularidade desta ser na sua totalidade proveniente de carotenos, com a adjacente equivalência em potencial antioxidante. Outros pigmentos antioxidantes que conferem a tonalidade característica da abóbora, como a luteína e zeaxantina, fazem com que nem só da cenoura se “alimentem” os nossos olhos, possuindo um efeito benéfico na prevenção de problemas relacionados com a visão.

Uma das potencialidades pouco exploradas da abóbora passa pelas suas sementes que, aos nutrimentos exibidos pela polpa, acrescentam ferro, zinco, magnésio e fósforo. Igualmente boas fontes de proteína e gorduras insaturadas, as sementes de abóbora poderão ser transformadas em apelativos snacks depois de tostadas no forno. Os compostos alcalóides presentes nestas sementes, aliados às suas generosas quantidades de zinco, têm sido associados à diminuição da hipertrofia prostática benigna, condição que não sendo maligna, afecta um número significativo de homens e acarreta vários sintomas desagradáveis.

Assim, tal como a fada madrinha a transformou na carruagem da Cinderela, “adopte” a pouco apelativa abóbora e faça dela algo mágico.

LEAVE A REPLY