O que devemos comer para nos bronzearmos melhor

0
444

Bronze

Embora não substituam o protector solar, alguns alimentos reforçam a proteção antioxidante natural da pele face aos raios UV.

“Que o teu alimento seja o teu medicamento”, dizia Hipócrates, o pai da medicina ocidental. E, na verdade, os alimentos são verdadeiras fontes de saúde, e até de beleza. Estes ajudam a proteger a pele exposta ao sol, de dentro para fora, complementando a acção dos protectores solares tópicos. E alguns até dão uma mãozinha ao bronzeado.

 Carotenos

Presentes nas cenouras, papaias, mangas, beterrabas, alperces e vegetais de folha verde, estes pigmentos são o ‘ecrã solar’ das plantas. No nosso organismo reduzem os efeitos negativos dos raios UVB e podem activar o bronzeado.

Licopeno

Este carotenóide vermelho, que dá a cor ao tomate, pimento e melancia (ainda mais rica em licopeno do que o tomate), confere à pele uma protecção anti-UV equivalente a um SPF 3.

Cacau

Quatro vezes mais rico em fenóis e catequinas (dois tipos de antioxidantes) do que o chá, o cacau ajuda a proteger a pele das queimaduras e do cancro. Mas basta comer 20g de chocolate negro (sem leite) por dia para obter estes benefícios.

Chá verde e preto

A sua riqueza em polifenóis, um dos mais poderosos antioxidantes botânicos descobertos até hoje, dá ao chá o poder de reforçar a protecção natural da pele contra os radicais livres gerados durante a exposição ao sol.

Microalgas

A clorela e a spirulina, nomeadamente, contêm um carotenóide chamado astaxantina, 500 vezes mais poderoso do que a vitamina E, que protege não só a pele, mas também os olhos, face às radiações ultravioleta.

Vitamina C

Presente em frutos como a acerola, a goiaba, o quivi e todos os citrinos, esta vitamina previne o envelhecimento prematuro e o cancro de pele graças ao seu poder antioxidante.

Vitamina D

Esta vitamina, fabricada pelo nosso corpo sob a acção dos raios solares (porque eles não têm só efeitos negativos), é fundamental para a fixação do cálcio. Mas não só: tem também um efeito protector contra alguns tipos de cancro, incluindo os da pele.

Brócolos

Contêm um antioxidante chamado sulfurofano, que, além de ter propriedades anticancerígenas, ajuda as células do corpo a protegerem-se dos efeitos negativos da radiação solar.

Ácidos gordos ómega-3

Presentes em peixes gordos, como o salmão e a sardinha, e no óleo de linhaça, estes ácidos gordos têm uma acção anti-inflamatória e ajudam a proteger a pele dos escaldões e do melanoma.

Água

Nunca pensamos nela como um alimento, mas a água é fundamental para a pele produzir o seu filme hidrolipídico de protecção, que a mantém hidratada, elástica e saudável.