Causas ocultas de um ataque de coração

0
778

coracao

[quote]Sabia que lavar os dentes ou o mero facto de ser segunda feira pode afectar o seu coração? Descubra outros tipos de risco e formas de se proteger.[/quote]

Aderir às dietas da moda

Os adeptos das ‘dietas detox’ radicais dizem que desintoxicam o organismo. Ora o organismo consegue perfeitamente desintoxicar-se sozinho. Os cocktails de vegetais são bem saudáveis e devíamos bebê-los mais vezes, mas sozinhos não servem para nos alimentar durante dias seguidos: como não têm proteínas, os músculos têm dificuldade em regenerar-se. Esquecemo-nos de que o coração também é um músculo… Além disso, quando se ‘limpa o organismo’ indo demasiadas vezes à casa de banho, as bactérias boas que protegem os intestinos também vão por água abaixo…

O que pode fazer:

Adira aos batidos verdes as vezes que quiser, mas como complemento. Faça uma alimentação normal para além disso. Se precisar de perder peso (que o coração agradece) faça-o sem deixar de comer e sem pôr em perigo a sua saúde. Comece por deixar o açúcar, por exemplo.

Desleixar o casamento

Não é por acaso que ligamos ao coração os assuntos amorosos: ter uma relação que não nos preenche pode de facto danificar fisicamente o coração. Um mau casamento ou relação pode fazer aumentar os riscos de ataque de coração em 25%!

O que pode fazer:

Se o seu coração já não bate (metaforicamente falando) por aquela pessoa, faça-o trabalhar mais. Resolva o que há a resolver ou ame outro coração que bata com o seu. Ah! E se teve um desgosto amoroso leve-o a sério: pode mesmo danificar o seu coração (o músculo, desta vez).

Maltratar os rins

Os rins são vitais para o funcionamento do organismo: são eles que tratam da remoção do nosso ‘lixo’ interno. Mas muita gente, sem o saber, tem esta ‘recolha do lixo’ mal feita por um sistema preguiçoso. Resultado: com o passar dos anos, os tóxicos entram na circulação sanguínea, o que vai endurecer as artérias e fazer disparar a inflamação.

O que fazer:

Vá ao médico e peça-lhe para verificar o estado dos seus rins (já agora, faça um check-up completo). Entretanto, ajude os seus rins bebendo água, comendo menos sal e preferindo produtos frescos (os produtos embalados e as refeições pré-preparadas têm mais sódio).

Esquecer-se de lavar os dentes

As cáries são dos maiores inimigos do coração: as bactérias que crescem na boca e causam inflamação das gengivas podem duplicar os riscos de ataque de coração. Também por isso, as mulheres que bebem dois ou mais refrigerantes por dia têm mais probabilidades de virem a sofrer de doenças cardíacas. O açúcar danifica o coração de várias maneiras: estimula o fígado a produzir mais gordura, que danifica as artérias; promove a obesidade e obriga o coração a trabalhar mais. Além disso, os refrigerantes são calorias vazias: só trazem açúcar mas não lhe dão vitaminas, minerais ou proteínas.

O que pode fazer:

Não se esqueça de lavar os dentes regularmente, e não beba refrigerantes ou beba apenas um por semana. Prefira água com gás ou junte uma rodela de limão à sua água natural.

Enervar-se à segunda-feira

Sabia que as mulheres, principalmente as mais novas, temos 15% mais hipóteses de sofrer um ataque de coração à segunda-feira? O stresse do princípio da semana pode mesmo ser um perigo para a sua vida…

O que pode fazer:

Relaxe. Respire fundo. Não queira resolver todos os problemas logo no início da semana. Marque as coisas mais aborrecidas para terça. E tente reservar uma coisa especialmente boa para segunda: uma ida ao cinema, um jantar romântico, um passeio na praia. Só porque é segunda.

Beber mais um copo

O álcool pode ser um amigo e um inimigo: o vinho tinto contém flavonoides, antioxidantes que combatem a inflamação das células. Mas beber muito, em vez de ter um efeito protetor aumenta o nível de triglicéridos (gordura no sangue), que vão inflamar as artérias e sobrecarregar o fígado. Também está ligado à pressão arterial alta e à insuficiência cardíaca.

O que fazer:

Beber apenas um copo pequeno de vinho por dia.